Mensagens recebidas via e-mail

ATENÇÃO!

Condições para publicação das mensagens:

Nome completo do autor, endereço de e-mail, endereço residencial e telefone para contato e não contenham ofensas a terceiros.

Atualizado em 24.02.2015

Gilberto Brito
brito-gilberto@uol.com.br

No momento em que desvalorizado o ser, sua narrativa/depoimento sobre Joaquim Custódio é algo a ser difundido. Parabéns!

 

Jayr Scorpions
jayrscorpions@hotmail.com

A Scorpions Academia, tem pulso forte na sinceridade, honestidade e compromisso. Não assumo irresponsabilidade de outros, muitos já conhecem meu trabalho e sabe da minha índole.

Querem provocar transtornos com a justiça, é perda de tempo, dinheiro não tenho, mas consciente de um trabalho bem feito e com muita responsabilidade. Lesões existem sim, nunca livraremos desse fato, começando pelo aluno indisciplinar, que quer fazer o q não pode e querer confiar demais em outras cabeças vazias.

 Devido ao grande número de academias na cidade e sem fiscalização, quanto mais atividades inadequadas e sem orientação, acontecerão casos mais graves a cada dia, a cada mês e a cada ano.

Cuidado com cursos a distância, estes não são bem formulados como prática e sim como teoria, é apenas um meio caminho andado. Faculdade presencial com professores, é uma coisa, a distância é outra. Não to dizendo que não serve, serve sim, de modo que seja elaborado com confiança e respeito para com seu aluno.

Tá existindo vários casos de alunos inadimplentes e mal formados que estão dando uma de Personal Trainer em academias, isso já passou do ridículo, nem eu que sou profissional eproprietário há mais de 20 anos, de muita responsabilidade, tenho este mérito, mas lembrando que tenho muita capacidade para isso, só tenho consciência de que não chegou a hora, mas to preparadíssimo para assumir este trabalho.
Como sou o precursor e pioneiro na cidade, existem alguns donos de academia que querem me parar, através de ajuda judicial e comercial, achando de meterem o bico onde não é chamado. Se realmente existe um Deus, Ele tá olhando muito para as maldades dessas pessoas que querem me parar. Mas, como ando muito desacrente de tudo, justiça não se faz do alto e sim de baixo, por nós mesmos.

Querendo ou não, Livramento em peso já passou pela Scorpions e tapa a boquinha se recusarem a dizer que não passou por aqui, porque sei de quem já passaram por lá, querendo ou não(risos).
 
DEZ ANOS: Gostaria de parabenizar este nosso grande jornalista, Raimundo Marinho, pelos seus dez anos de jornal O Mandacaru, que nos dá total liberdade de expressar nossos direitos e de forma construtiva, de expor o que é feito de errado em nossa cidade, inclusive pelas altas autoridades. Estamos de olhos bem abertos para tudo que se fizer de errado, desabafaremos, sim, com total liberdade de expressão. Sempre fui fã desse trabalho perfeito do Senhor Raimundo Marinho, homem de uma imagem limpa, um intelectual de alta confiança. Parabéns, "MANDACARU da SERRA", parabéns, Raimundo Marinho".

Atualizado em 17.02.2015

Hélio  Gottschall   Abreu
heliogabreu@gmail.com

Caro  Jornalista  Dr. Raimundo  Marinho,
                                                  
Lendo o nosso  Mandacaru, tive a triste noticia  do   falecimento  da     nossa  muito  querida  Profa.  RITA, a quem  tive  também a honra  de  ser  seu  aluno no  velho  Colégio  João Vilas Boas.  Sem desmerecer  o mérito  das  demais, ela  era  considerada  pelo  alunado a mais querida, a mais dócil, a mais meiga e a  mais amiga  de todos.  Rendo  as minhas  homenagens à sua memória. Peço-lhe que transmita a minha  condolência aos seus familiares.    

                                                                                  

Pedro Souza
ssap40@hotmail.com

Todo o poema de Roberto Carlos descrito por Zeferino e a real situação de Livramento. Quem perde é o povo. Só que o povo dorme, não acorda. Ainda vamos viver muito isso.

 

Atualizado em 13.02.2015

Zeferino Neto
zifaneto@gmail.com

Em nome da cortesia

Escrevo para o blog o Mandacaru da Serra desde a época de estudante de psicologia em Maceió – AL, aliás, gostaria de agradecer a Raimundo Marinho por ceder espaço no seu blog sempre de maneira gentil e democrática.

No entanto, me sinto em falta com alguns leitores por nunca ter me apresentado corretamente. Bom, meu nome é Zeferino de Paula Lima Neto, filho de Osmar Silva da Conceição, conhecido popularmente como professor Osmar, Mazim de Nanam ou Osmar da venda. Sou filho também de Regina Cambuí Lima Conceição, ambos professores e concursados. Sou Irmão de Sérgio Lima Conceição, Historiador e bacharel em direito. Professor de história, concursado em Maceió e mestrando em História. Sou irmão de Karlene e Karleide, ambas professoras e concursadas, sendo que a primeira mora em Guanambi a 20 anos ou mais.

Quando me formei, voltei pra Livramento não atrás da promessa de plantar um pé de manga e ficar rico, pois tive o prazer de sair da faculdade de psicologia com emprego garantido e reconhecimento de todos, do faxineiro ao reitor da faculdade. Voltei porque sou de Livramento filho de Osmar e de Regina que me ensinaram a ficar sempre do lado do miserável e lutar, de maneira diplomática ou não. Vale ressaltar que tenho 34 anos, sou casado, não uso camisa de The Guevara desde a adolescência, não posto no facebook coisas do tipo: “tudo possa naquele que me fortalece”. Não como alface e nem ando de bicicleta para não poluir o ar. Não fico Tentando projetar a qualquer custo uma imagem de espiritualizado, até porque eu estou longe do ideal proposto por Cristo.

Quando resolvi voltar pra Livramento trabalhei 5 meses na administração do Prefeito Carlos Batista que já estava no final e, só consegui trabalhar, por uma questão talvez de conveniência. A unidade que eu Trabalhava o CREAS, coordenada por uma assistente social que não era de Livramento, a senhora Nivea Barros, queria dessa vez um homem para trabalhar na unidade, pois acreditava que talvez no futuro precisaria de alguém que soubesse usar a força física quando necessária (pois temia, em virtude de 2 ou três ameaças, que esse dia pudesse chegar). Bom, o único psicólogo homem da cidade e um dos poucos da região sou eu. Foi mais ou menos assim: “não tem tu vai tu mesmo”. Contudo, acho pertinente salientar, que nesses 5 meses de trabalho eu nunca ganhei nenhum tipo de auxilio (gasolina, viagem, hospedagem ou alguma coisa do gênero). A propósito, só por título de curiosidade, eu era o psicólogo que ganhava menos na cidade e tive meu salário nesses 5 meses atrasado.

Quanto a minha família, acho que tudo que eu relatei sobre eles faz cair por terra qualquer menção de clientelismo.

Mas, a pergunta que não quer calar, onde eu pretendo chegar com esses textos?
Apesar de não ter religião e, acompanhar a minha esposa todos os domingos na missa, acredito muito em Jesus Cristo, e pude, através da Psicanalise-Marxista concebe-lo de maneira muita mais valiosa do que o aprendido. Quando digo que acredito é porque acredito mesmo, ao ponto de ser confundido na rua com um esquizofrênico, pois adoro conversar com ele em voz alta. E esse meu Cristo é o Cristo que me empurra para “combater o bom combate”, para ensinar o povo, através da psicologia, transformar culpa em responsabilidade, resgatar a autoestima e o livre arbitro político. Seria um grandessíssimo idiota se tentasse monopolizar o conhecimento que me foi passado.

Segundo Olavo de Carvalho qualquer um que tente ir além de suas capacidades físicas, cognitivas, sociais, pode ter essa ação considerada como uma personalidade patológica. Eu como psicólogo, me vejo incumbido da missão de apontar esse traço de personalidade nos pseudo lideres dessa terra. E mostrar suas táticas que são invisíveis a olho nu. Como é o caso da transmutação de direitos em favor.

Fiz 4 anos de terapia não apenas por obrigação (pois o curso exige que o futuro psicólogo passe por um processo psicoterápico) mas para trabalhar meu ego, meu lado Narcisista, minhas reais necessidades por trás das ações. E com isso pude visitar algumas vezes o meu inconsciente e ficar Tête-à-tête com o meu altruísmo, minha empatia, meu lado mamífero.

E é por essas e outras que peço encarecidamente aos três doutores, Emerson, Paulo e Carlos que primeiramente visitem o Divã, garanto que vai fazer bem. E em segundo, deixe a população caminhar para o amadurecimento, não aproveitem da criança interna que existe em nós vendo em vocês o nosso substituto paterno, chegando ao pecado da idolatria.

Queria dizer, e sei que corro o risco de ser considerado demagogo, que nessa história toda fico do lado do povo sem segundas intenções financeiras, pois a minha autoestima profissional vem batendo no teto. Até hoje não conheci o que é ficar desempregado, graças ao bom Deus. Onde trabalho, trabalho porque eu trago lucro, agrego valor.

Para finalizar, gostaria de dizer que a minha regra principal quando escrevo é no máximo me orientar nas outras regras, e não segui-las como escravo de rebanho. Escrevo porque é minha obrigação enquanto descendente direto de Jesus.

O que pretendo atiçar com os meus textos é a vontade de mudança, a mesma que tento ajudar os meus pacientes chegarem.

 

Atualizado em 11.02.2015

Jocely Xavier Araújo
jxa@tpa.com.br

Sobre a materia [deste site] (…) Aposentados também são
extorquidos em Livramento”
[28.01.2015] (…), sugiro ao interessado levar ao conhecimento da OAB-BA o fato concreto. Aqui em SC, tem dado bons resultados, e rápido.

De outra, nas Comarcas onde não existe Vara Federal, as ações de pedido de aposentadoria podem ser proposta no Juízo Comum.

Conheci, há muitos anos, em Boninal - Ba (onde nasci), o Sr. João Meira - Oficial do Registro Civil (cidadão que servia de espelho para a comunidade), que tinha dois filhos que, soube, mudaram-se para Livramento, salvo melhor juízo, devem ser parentes dos Meira, homenageados pelo MANDACARU DA SERRA,

 

Yonélio Sayd
yoneliosayd@hotmail.com

Quando a opinião dos outros tem que ser a minha

Seria tão bom, e oportuno, aproveitar o conhecimento, ou o dom que cada indivíduo tem com a intimidade da escrita para opinar sobre coisas com um objetivo único de contribuir para que a mensagem do texto seja inteiramente compreendida e praticada por quem se interesse em ler e absorvê-la. Seria justa a postura do tom crítico desde que se faça para colaborar, para provocar a reflexão, sem os alcaguetes dos interesses permissivos, sejam quais.

Seria tão bom que se escrevessem coisas para ajudar a construir um conceito, formar uma opinião e a ação coletiva, o que poderia culminar em práticas de resultados.

Sabe-se que Livramento ainda não vive o modelo exemplar de uma gestão administrativa municipal. Nenhum outro município vive. Todos têm sua peculiaridade, positiva ou negativa, conforme a “forma do poder local”, a identidade eleitoral da própria população da municipalidade.

Existe por trás de cada vestimenta da sociedade um corpo, esteticamente bonito ou feio, gordo ou magro, negro ou branco. Isto significa que cada elemento tem sua individualidade corporal, mental, formando-se daí os conceitos éticos ou antiéticos; ou seja, o comportamento de cada um na convivência de grupos e suas regras.

Pois bem. Livramento de Nossa Senhora é um belo município. Tem solo rico em vegetal, mineral, tem diversidade de cultivos agrícolas, apesar de torrão seco do semi-árido. Tem clima ameno e recursos hídricos satisfatórios; localiza-se comodamente em uma região geográfica que concentra malhas rodoviárias produtivas, por isso, com potencial para cidade-pólo de desenvolvimento regional.

Mas Livramento não tem correspondido às suas próprias expectativas. Vive refém do seu modelo político e administrativo, arcaico, social-clientelista, com vícios coronelistas jurássicos, iguais interesses pessoais eleitoreiros, iguais mentes individualistas de sua população.

De tudo isso resulta a patética guerra política de grupos, uns em defesa de seus interesses, outros egressos do inconformismo com a derrota nas urnas e o pesadelo da perda das benesses. Isto pode ser muito bem observado nas redes sociais, nos comentários postados em blogs e sites, onde cada leitor/internauta envia sua mensagem conforme sua visão meramente pessoal, meramente política.

Criticar por criticar já não é certo, imagine postar opiniões por despeitas políticas ou por queixas de perdas de interesses pessoais?
Quase sempre a gente se debate e se depara com o massacre das opiniões nesse sentido.

Seria bom se todas as regras fossem sem exceções. Seria?
Não seria. Nem tudo que é legal é moral. E nem tudo que é imoral é ilegal.

 

Hipolito Peixinho da Silva
h.peixinho@uol.com.br

Pois é, trabalhei e morei em Livramento por algum tempo e gosto muito de ler as noticias da cidade, estou sempre ligado ao Mandacaru da Serra.
Me lembro que naquela ocasião existia um ótimo violonista chamado Joaquim de Eunápio, tocava muito bem, não tenho noticias dele.

 

Zeferino de Paula Lima Neto
zifaneto@gmail.com

Sátira: Roberto canta Livramento

O mais novo CD do rei Roberto Carlos. Vejam abaixo as letras que vem embalando o atual contexto político de Livramento de Nossa Senhora.

EU TE DAREI O CÉU: “Eu te darei o céu meu bem e o meu amor também.” (Antes da política)

VOCÊ DEIXOU ALGUÉM A ESPERAR: “Você deixou alguém a esperar, você deixou alguém na solidão.” (Fui e não encontrei ninguém)

DE QUE VALE TUDO ISSO: “De que vale tudo isso se você não está aqui, de que vale tudo isso se você não está aqui.” (A prefeitura)

OUTRA VEZ: “...Você foi a maldade que só me fez bem. Você foi o melhor dos meus planos e o pior dos enganos que eu pude fazer.” (entrar na política)

DETALHES: “Não adianta nem tentar me esquecer, durante muito tempo em sua vida eu vou viver” (o Ministério Público na cola)

ESQUEÇA: “Esqueça se ele não te ama, esqueça se ele não te quer” (conselho para o povo de Livramento sobre o executivo e legislativo)

A DISTÂNCIA: “...Nunca mais você ouviu falar de mim. Mas eu continuei a ter você. E toda esta saudade que ficou. Tanto tempo já passou e eu não te esqueci” (o grande pássaro verde sentindo saudades da prefeitura).

AMOR SEM LIMITES: “Vivo por ela, ninguém dúvida. Porque ela é tudo, na minha vida.” (Os três doutores se declarando para a prefeitura)

ONDE ANDA O MEU AMOR: “Por que estou meu Deus sofrendo assim demais? Morrerei de tanto esperar. Onde anda o meu grande amor que não vejo mais.” (É, pelo jeito sumiu mesmo)

ESCREVA UMA CARTA MEU AMOR: “Escreva uma carta meu amor, e diga alguma coisa por favor.” (Pode ser também um e-mail, whatsApp, sinal de fumaça. Contanto que apareça)

QUEREM ACABAR COMIGO: “Querem acabar comigo, nem eu mesmo sei porque.” (Dissimulado!!!)

SENTADO A BEIRA DO CAMINHO: “Eu não posso mais ficar aqui a esperar! Que um dia de repente você volte para mim....
Preciso acabar logo com isso. Preciso lembrar que eu existo, que eu existo, que eu existo...” (quando o povo conseguir acordar e resgatar a autoestima política)

OBS: Esse já é o terceiro CD que Roberto grava em Livramento. O primeiro foi Duetos: do rei Roberto para o rei dos periquitos. E o segundo foi também um dueto: O rei Roberto e o Rei da simpatia conveniente.

(*) Zeferino de Paula Lima Neto é psicólogo e livramentense de coração.

 

João Marques Rodrigues
joao_marques123@hotmail.com

NO GALPAO DA KATOPE ESTA GUARDANDO VARIAS CADEIRAS, MESAS ESCOLARES NOVAS EM FOLHAS SEM A DISTRIBUIÇÃO NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL FAÇA UMA REPORTAGEM DAS CADEIRAS E MESAS AI O SENHOR RAIMUNDO MARINHO.

 

Atualizado em 03.02.2015

Ailton Hipólito
ailtonhipolito@hotmail.com

NOBRE JORNALISTA, É PENA QUE SÓ AS AUTORIDADES NÃO VER ESTE PREDIO "CASEB" SER DESTRUIDO, NO GOVERNO PASSADO TIVE A AUDÁCIA EM DAR UM PALPITE ONDE CITEI QUE ALI PODERIA INSTALAR A 46ª CIA/PM, PELO ESPAÇO E LOCALIZAÇÃO, FUI INFELIZ, COM O NOVO PENSEI QUE SERIA OUVIDO PELO FATO DE COMENTAR COM ALGUNS VEREADORES QUE SE DIZ NOS REPRESENTAR, ATÉ O MOMENTO FOI PIOR E ASSIM VAMOS QUE VAMOS ACABANDO COM TUDO QUE AINDA NOS RESTA. POBRE LIVRAMENTO, ASSIM DIZIA UM Sr. 40 ANOS ATRAS.

 

Antônio Fernando Aguiar Assis
antonioflivramento@hotmail.com

Por isso que lhe admiro, pois você faz sempre comentários oportunos, mostrando-se ligado em tudo. É realmente difícil de acreditar que o produtor rural que põe comida na mesa dos brasileiros e contribui muitíssimo para o equilíbrio da Balança Comercial é tratado com tanto descaso. Parabéns amigo por tudo que você escreve.

 

Jorge Silva
jorgesilva@superig.com.br.

Marinho, eu vi isso, o armazém da CASEB caindo, um absurdo. Ai eu lhe digo: Carlão solicitou esse armazém para colocar os carros da prefeitura e o Sr. Emerson Leal travou, alegando que seria útil para EBDA. Carlão transferiu a feira de gado para o matadouro, que foi embargado e fez uma excelente garagem. Ai, entra ele o bestinha, Sr.  Paulinho, faz um PSF que não vai inaugurar, na garagem, compra o prédio da Catopé, aluga para prefeitura por R$15.000.00 e o prédio da Caseb caindo.  Viva Livramento!  Salve  São  Gonçalo!

 

 

Atualizado em 29.01.2015

Jadher Assunção
(e-mail omitido a pedido)

Por ser de Justiça, que seja publicado o trecho a seguir em minha defesa.

(...)
Por fim, afasto a acusação de ter me colocado na defesa de Wagner (PT), pois minha exclusiva intenção era de esclarecer aspectos técnicos de como ocorreu a concessão de aposentadorias aos ex-governadores do Estado da Bahia, apresentando o rito diferenciado de aprovação e promulgação de Emenda Constitucional em relação às outras espécies de lei. Não me interessa saber se houve ou não influência política do ex-governador Wagner em aprovar a Emenda Constitucional na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. Interessa, sim, saber se as aposentadorias serão questionadas no Poder Judiciário e, em caso afirmativo, como decidirão a questão vexatória uma vez que todo mundo diz o que é de "interesse público", mas quase ninguém sabe o que isso significa.
(...)

 

Marcos Santos
marcos2057@hotmail.com
 

Caro jornalista Raimundo Marinho

Saudações,

Referente ao texto: "Aposentados também são extorquidos em Livramento", quero parabenizar pela brilhante reportagem, COM RESSALVA, faltou divulgar o nome do comparsa livramentense do advogado golpista. Bom, pelo que eu saiba, o blog Mandacaru da Serra não carrega consigo nenhuma propaganda ou parceiro comercial em sua página, então não há razão para omitir o nome do jurista denunciado. Como é de conhecimento de que este blog segue rigorosamente as técnicas jornalísticas, até por ser mantido por um profissional graduado na área, fica essa interrogação???? No mais, um forte abraço.

 

Estimado Marcos!

Entendi sua provocação, contida  na “RESSALVA”, em caixa alta, ainda que não o reconheça isento para fazê-la. Apenas respeitei condição inicial da fonte, enquanto reuno mais informações, como, por exemplo, ouvir o advogado, para nova matéria. (Não violei qualquer princípio do Jornalismo). Bem diferente da submissão a objetivos meramente comerciais. Mas, sendo de seu particular interesse, posso lhe fornecer, pessoalmente, os nomes e dados do processo.

Grande abraço,
RAIMUNDO MARINHO

 

João Marques Rodrigues
joao_marques123@hotmail.com
 

MATERIA DO DNOCS DO PROJETO PARA LIMPEZA DO CANAL IRRIGADO MAIS DE R$ 180.000,00 MIL REAIS PARA O PROJETO EXTRATO DE CONTRATO Nº 3/2015 - UASG 193009.
Nº Processo: 59404000273201468. TOMADA DE PREÇOS Nº 2/2014. Contratante: DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS -CONTRA AS SECAS. CNPJ Contratado: 12472426000127. Contratado : SIMOES & SENA ENGENHARIA E -SOLUCOES EM SUSTENTABILIDADE. Objeto: Contratação de empresa de consultoria para elaboração do projeto executivo de recuperação e reabilitação do canal principal do Perímetro Irrigado Brumado, localizado no Município de Livramento de Nossa Senhora, no estado da Bahia. Fundamento Legal: Lei 8666/93 . Vigência: 26/01/2015 a 11/05/2015. Valor Total: R$181.039,00. Fonte: 100000000 - 2014NE800286 Fonte: 250017205 - 2014NE800287. Data de Assinatura: 19/01/2015.(SICON - 23/01/2015) 193009-11203-2015NE800179.

 

Atualizado em 24.01.2015

Josael Brito silva
josael2012@hotmail.com

Caro raimundo marinho, referindo se ao comentário descrito abaixo, em relação a ''UPA'' dizendo não ainda estar pronta, pois ela esta sim em andamento , e já em fase de acabamento , pode-se ver que o prazo de entrega é em março deste ano, por tanto ainda não passou da hora dela ser entregue a população, infelizmente esse jeito nativo de critica as coisas, pelo jeito só anda pelo lado politiqueiro! abraço

 
Fernanda Paiva Luz Meira
luikumon@ig.com.br

QUERO APENAS LEMBRAR A TODA A FAMÍLIA QUE TAMBÉM FAÇO PARTE DESSA FAMÍLIA. Sou reconhecida judicialmente filha de Keyber Luís Meira Macedo. Sendo assim, o meu pai biológico. Mesmo não tendo contato direto com o mesmo. Fico feliz pela homenagem ao meu avô, se ainda vivo teria orgulho de ter uma neta que cresceu sabendo o grande homem que aqui ele foi e é para os seus. Parabéns!!! Gostaria muito de ter um livro onde terei conhecimento das minhas origens. Quando ainda bebê, fiquei internada no hospital de Livramento e a única vista feita foi de um tio, Franklin George Meira, que não está mais aqui entre nós ... Mas, conta minha mãe que ele ficou preocupado com minha saúde e que viria mais vezes fazer visita. Logo fiquei bem e minha mãe e eu fomos para Vitória da Conquista-Ba em busca de melhoras. Ela conta que foi triste sua nota de falecimento. Conta a minha mãe, que o mesmo disse que sempre iria cuidar da minha pessoa. Pois o mesmo sabe a falta que um pai é na vida de um filho. Sendo que o mesmo foi vítima de tal situação. A toda família, parabenizo pela homenagem feita.

 

Joao Marques Rodrigues
joao_marques123@hotmail.com

PREFEITURA VAI LEILOAR VEICULOS SEM A DEVIDA LEI APROVADA PELA CAMARA MUNICIPAL PARA ALIENAÇÃO DE BENS FAÇA UMA MATERIA AI SENHOR RAIMUNDO MARINHO:

Torna público que no dia 10 de Fevereiro de 2015 às 14h, na garagem da Prefeitura, realizará um Grande Leilão de bens inservíveis ao uso desta Prefeitura, conf. Processo de nº 394/2015 e Edital 01/2015, através do Leiloeiro Púb. Oficial, Clauberto Fernandes Nascimento Júnior, JUCEB 14/047386-6, com agência de Leilões em condomínio petromar, s/n°, via B, Quadra 846, Casa B02, Stella Maris - Salvador - Bahia, CEP 41.600-210. DOS MATERIAIS: VEICULOS, MÁQUINAS E SUCATAS. DAS CONDIÇÕES: 1°) O Leilão está amparado pela Lei Fed 8.666/93 e pelo Art. 335 do CPB, 2°) O Licitante é responsável pelo pagamento do ICMS e da Comissão do Leiloeiro. Chassis dos veículos: 9BWAA05W09T005845, 9BM345050H3776052, BC653PXC15045, 9BWMF07X5AP000867, 9BWGB07X93P014508, 8AFDR12A2BJ447521, 9BG753NXLKC005760, BC683PXC09147, 936231BZ251024296, 9BFXTNAF44BB30677, 9BWCA05X75T174157, 9BWCA05Y31P052410, 9C2JC30101R157415, 9C2JC30101R156899, DE000C21004, L3572656, 9BWZZZ23ZDP009237, 9BWEB05X83P0004174, 9BWEB05W96P089439, 9BWCA05Y74T087544, 9BM384098KB836022, BC1144NG101963, 9BFXTNAF24BB30676; Maiores Informações: (71)9111-4533 /(71)9996-0808, Clauberto Fernandes Nascimento Júnior, Leiloeiro Oficial do Estado da Bahia.

 

Atualizado em 22.01.2015

Tarcísio Neves
tarcisio_sn@msn.com

Olá, Boa tarde. Quero parabenizar o site mandacaru pelas ótimas matérias que são publicadas, pois é de grande interesse da população livramentense. Infelizmente, nem todos se atentam e buscam conhecer melhor dos problemas que insistem em permanecer em nosso município. Pegando o gancho, gostaria de indicar uma nova matéria a respeito da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que até hoje não está pronta para o uso de nossos carentes moradores. Fico extremamente indignado com toda essa situação, mesmo não morando aí. Mas percebo a grande dificuldade relacionado a saúde das pessoas que aí residem. Desde já, muito obrigado.

 

Yonélio Almeida Sayd
yoneliosayd@hotmail.com

Caro Raimundo Marinho.

Sei e concordo, de modo pleno, que a liberdade de expressão deve ser exercida com todo o denodo de seu significado e objetivo. Até quando a “expressão” é utilizada de maneira equivocada ou distorcida, e mesmo na forma de cataclisma do ódio; mas o mínimo que se espera de quem queira utilizá-la, faça-a despojado da ira pessoal ou do escárnio do desajuste psicológico.

Comento aqui a respeito pelo fato da leitora/internauta Rosângela Alves ter escrito um comentário muito deselegante e com forte apelo de descontrole emocional a respeito do vereador Paulo Lessa, camuflando-o de crítica à gestão municipal e ao poder legislativo, na seção de e-mails de Mandacaru da Serra, com data de publicação de atualização em 15.01.2015.

A nota do e-mail é descabida e desinformada. A população de Lagoa Nova acompanha Paulo Lessa havia anos em sua carreira no legislativo livramentense, construindo entre o vereador e a comunidade um elo de respeito, conceito e reciprocidade em que também nesta localidade está uma ou talvez a sua principal base de sustentação eleitoral em todos os cinco mandatos na câmara municipal.

E o despautério foi tamanho que a missivista chegou ao absurdo de promover o ilustre vereador à função de prefeito (...) “Por outro lado, cortou serviço essencial como limpeza e manutenção do cemitério, tratamento de água, etc.”. A função do vereador é legislativa, não executiva, conforme o que diz a Constituição Brasileira (...) “criar leis que atendam os anseios da sociedade; realizar a fiscalização financeira e da execução orçamentária, mantendo o controle externo do Poder Executivo Municipal, bem como, realizar o julgamento das contas apresentadas pelo Prefeito, e, ainda, praticar atos de administração interna.”

 Repito, devemos exaltar a importância da liberdade de expressão, pois a democracia é lustrada no pilar da livre manifestação do direito de exposição de ideias, pensamento, fala, todavia, não desvirtuar de seu significado.

É lamentável que pessoas (não se sabe se reais ou meros fakes) manifestem opinião na internet com mero objetivo de despejar frustrações, ira ou rancores contra quem quer que seja.

Ainda mais utilizando-se de um veículo de respeito e de conceito crítico e opinativo como é o Mandacaru da Serra.

Saudações Democráticas

Yonélio Sayd

Leitor

Nota do Editor:

Ressalvamos que a opinião dos leitores, externada neste espaço, não corresponde, necessariamente, à opinião do site. Registramos, também, que o vereador citado não se manifestou sobre a missiva em comento, não se constituindo, porém, óbice ao acolhimento do rebate acima.

 

Atualizado em 17.01.2015

Samuel Cândido de Oliveira Castro
castro.genealogia@bol.com.br

Quero deixar registrado os meus PARABÉNS às irmãs Maria Aparecida, Maria Teresinha e Maria Edir, pela belíssima iniciativa da publicação do livro póstumo escrito pelo vosso querido pai Sr. Rodrigo Alves Meira (Sr. Tatinha). Cujo autor, procurou resgatar importantíssimos dados históricos de Livramento de Nossa Senhora, BA, e demonstrar a origem da cidade e das famílias correlatas ligadas à distinta família Meira, inclusive relatando a saga familiar na região sudoeste da Bahia, a exemplo da fundação da cidade de Bom Jesus dos Meiras, atual Brumado, BA. O Sr. Tatinha também deixou registrado a genealogia da família, que, depois de atualizada e enriquecida de novos elementos pelas três irmãs, também foi muitíssima bem retratada nesta brilhante obra. Estendo os PARABÉNS à todos os demais familiares, aos quais deixo o meu carinhoso abraço. Deixo também os meus agradecimentos e meus PARABÉNS ao Raimundo Marinho, pelos 10 anos de publicação deste magnífico Mandacaru da Serra. Forte abraço.

 

Atualizado em 17.01.2015

Júlio César Caires Leal
juliocesarcairesleal@gmail.com

Olá, Mandacaru da Serra! Gostaria de parabenizar as irmãs Meira pelo lançamento do livro de memórias de seu pai e agradecê-las por tão valiosa contribuição para a preservação da nossa memória e da nossa identidade. Espero que outras iniciativas como esta venham a se concretizar e que a memória da nossa cidade jamais seja esquecida. Há ainda muito a se contar sobre nossa Livramento. Abraços!

 

Rosangela Alves
rosangela.andre@ig.com.br

Senhor Jornalista,

Para complementar sua excelente visão da má gestão pública em Livramento, acrescente-se, também, os vereadores que não estão nem ai. O pior deles tem sido o vereador Paulo Lessa. Basta ir lá onde ele atua, como em Lagoa Nova e região, para constatar. Ele colaborou bastante para inchar a máquina com empreguismo em retribuição a eleitores. Empregos fantasmas em fscolas e postos de saúde de nenhuma serventia para a população. Por outro lado, cortou serviço essencial como limpeza e manutenção do cemitério, tratamento de água, etc. Constata-se no hospital da cidade vasto número de gente com infecção intestinal, causada pela água consumida do canal do projeto e sem tratamento. Pode ser visto a olho nu os excrementos que vem dos esgotos na água que chega até as casas para consumo humano. Ainda assim, é considerado pela população local um ídolo, porque na hora da doença conta com ele para dar um "jeitinho nas filas dos hospitais da região", ou uma ajudinha no valor de exames particulares, com auxílio das aves de rapina da política.

 

Jadher Assunção
(e-mail omitido, a pedido)

Caro Raimundo Marinho,

Faço uma breve passagem por este veículo de comunicação para contestar as informações contidas na reportagem do dia 13 jan. 2015, fazendo registro das correções técnicas que o tema suscita.

Primeiramente, a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia aprovou e promulgou uma Emenda à Constituição para garantir aposentadoria, veículo oficial e seguranças aos ex-governadores do Estado da Bahia. Essa Emenda Constitucional é promulgada pelo órgão do Poder Legislativo, não podendo se falar em sanção pelo Governador. Logo, não é correto responsabilizar o último Governador pelo benefício posto que, por disposição constitucional, o titular do Poder Executivo não participa da votação e promulgação de Propostas de Emenda à Constituição.

Não se trata de novidade na história brasileira a concessão deste tipo de benefício. Em meados da década de 1990, o então Presidente Collor sancionou uma lei - neste caso, por não ser Emenda à Constituição, o Presidente da República participa da elaboração de leis - concedendo aos ex-presidente o direito a dois carros oficiais e escolta armada a ser feita pela Polícia Federal. O argumento que sustenta a conveniência e necessidade da referida lei é no sentido de que a pessoa que ocupou a Presidência da República passou a integrar a história política brasileira e, em razão dos atos e políticas de governo adotadas no exercício do mandato, riscos à vida do ex-presidente podem ser impostos por indivíduos que escolham as vias ilegais para demonstrar sua reprovação ao governo deste ou daquele gestor público. Haveria, portanto, interesse público em manter em segurança o ex-presidente por ter ocupado o cargo de maior relevância política do Brasil.

Atualmente, José Sarney, Fernando Collor de Mello - mesmo tendo os direitos políticos suspensos por oito anos -, Fernando Henrique Cardoso e Luís Inácio Lula da Silva fazem jus ao benefício legal concedido por lei federal.

Também, ressalte-se que não só integrantes do Poder Executivo possuem benefícios mesmo após terem desocupados os cargos. Todos os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), por exemplo, possuem passaporte diplomático para que não sejam submetidos à rigorosa fiscalização das alfândegas estrangeiras, passando na frente de diversos cidadãos comuns, ainda que a viagem seja de cunho eminentemente particular. Quando questionado a respeito, o STF afirmou que os Ministros aposentados continuam a representar o tribunal em palestras, conferências e seminários, surgindo, portanto, o interesse público de projetar a imagem do Poder Judiciário brasileiro através de concessão dos passaportes diplomáticos aos Ministros aposentados, eliminando as dificuldades para as viagens dos juristas a fim de que promovam a imagem do STF.

Provavelmente, "interesse público" poderá ser o argumento utilizado para manter o benefício concedido aos ex-governadores da Bahia e de outras unidades federais que aprovaram ou estão a caminho de criar as aposentadorias e outras providências. Desafiar a tese do "interesse público" será uma missão difícil a ser alcançada pelo Ministério Público em eventuais impugnações à concessão de tais benefícios.

Não adentro no mérito da legitimidade da concessão dos benefícios, tampouco se são pertinentes os fundamentos que estão sendo utilizados para a defesa de tais concessões. Afinal, a aprovação da Emenda à Constituição decorre de ato de deputados estaduais democraticamente eleitos pelo povo. Ou seja: o povo outorgou poderes para que seus representantes implementassem seus interesses. Mas cabe ao povo, também, retirar da condição de representante aquele que não estiver em consonância com a vontade popular.

A discussão é longa, e poucos proveitosos os resultados (que se restringem ao senso comum). Mas que a questão seja exposta detalhadamente, como também fique demonstrada de quem é a responsabilidade pelos atos dos deputados estaduais que concedem benefícios. O povo que reclama, insatisfeito, é o povo que elegeu os representantes de seus interesses no Poder Legislativo. Nada mais se pode fazer a não ser apontar a quem cabe suportar o ônus de eventuais escolhas malfeitas.

Agradeço pelo espaço. E que, de algum modo, esta contribuição promova a ideia do "voto responsável" nós cidadãos.

Imagens acessadas via internet

Prezado Jadher!

Concordo que a discussão tende a ser longa e inútil. Na Terra de Vera Cruz, os parlamentares representam e seguem a cartilha do imperador, travestido de prefeito, governador ou presidente.

Você argumenta como bom advogado de defesa, mas se perde na inocência de acreditar que o supremo comandante Jaques Wagner, na sua candura judaico-polonesa, com maioria absoluta na Assembleia Legislativa, não teria influido para aprovar a Lei Indecente.

Lembre-se, também, que a legitimidade não saneia a imoralidade ou sairíamos de mera oligocracia para a bandidocracia, que Pero Vaz de Caminha certamente descreveria como Império dos Bandidos.

E os eleitores vão às urnas, de indevassável a devassa, apenas para viver a glória abjeta de achar que retribuiu, com o voto, na sua mais baixa valia, as esmolas ou a paga recebidas do Zé Mané candidato a vereador, ou dos cabos eleitorais de luxo, comprometidos na concupiscência da captação ilícita de sufrágio.

Para se promover o “voto responsável” seria necessário a criação, urgente, do movimento politicamente irado. O que não seria fácil, pela conveniente subserviência de tantos inglourious basterds!

Saravá!

Raimundo Marinho

Editor

 

Kássius Clay Aguiar
softcellxxi@yahoo.com.br

Lendo ao texto "Eu não sou Charlie"", embora respeite  opinião do autor, o que não concordo é fazer justiça com as próprias mãos, como fizeram os assassinos/terroristas que mataram aqueles jornalistas/cartunistas, se algo ofender, em qualquer país civilizado, ainda mais a França, país que teve sua constituição como base para a maioria das Leis Máximas dos países que se dizem democráticos no mundo, temos a justiça, que é a principal arma de defesa de qualquer cidadão, desde o mais humilde ao presidente da república, este órgão em qualquer Estado de direito é a mais poderosa defensora da honra ou dos direitos, daqueles que se dizem ofendidos, ameaçados etc. Não posso aceitar que alguém queira me matar, ou matar meus filhos, se não concordar ou se sentir ofendido com o que eu acho, penso, falo, faço etc.

 

Miguel Fernando Aguiar Lima
nandoalianca@gmail.com

É CORRENTE NA CIDADE, A CHATEAÇÃO DA POPULAÇÃO, RELATIVO AS MULTAS DE TRANSITO EM NOSSA CIDADE, GOSTARIA DE SUGERIR UMA MATÉRIA SOBRE O ASSUNTO, ESCLARECENDO SE É LEGAL O POLICIAL MULTAR E NÃO DEIXAR POR ESCRITO, E NÃO PEDIR PARA ASSINAR A MULTA, E SE É VERDADE QUE OS POLICIAIS LEVAM VANTAGENS NAS MULTAS.

 

 

Atualizado em 14.01.2015

Everton Araujo (LIvramento Moto Estrada)
toninhoaraujo_2@hotmail.com

Caro Leonardo Brito, pergunto ao senhor a diferença entre motoqueiro e motociclista?

Acho que criticas construtivas sempre são bem vindas para que possamos fazer melhorias em qualquer atividade realizada em nossa vida. Sua critica foi um tanto quanto agressiva, creio eu que você não conhece nada sobre a cultura motociclística. Os Mamutes do Sertão estão realmente de parabéns, pois, fizeram uma maravilhosa festa , quem mais ganhou com essa belo evento foi nossa cidade tanto financeiramente quanto culturalmente. Mais respeito ao fazer criticas a nos motociclistas. Se o senhor quiser pode nos procurar para se informar sobre nossa cultura.

 

Atualizado em 12.01.2015

Jailson Lima
jailsonjlima@ig.com.br

Parabéns ,como um dos cofundadores via e-mails enviados, lembro e tenho arquivado o primeiro é um grande prazer fazer parte dessa história de transparência, ética com a verdade.

 

Mamutes do Sertão Moto Clube
jmdireito@gmail.com

Sr. Leonardo Brito, eu fico indignado é com suas palavras em dizer que temos cérebro de azeitonas, o que você não sabe com certeza é que realizar um evento desse numa cidade igual Livramento não é fácil, tinhamos autorização da 46 CIPM e alvará da prefeitura municipal para realizar o evento, os benefícios que trazemos para a cidade como, bares, restaurantes, pousadas, entre outros comércios cheios é mais do que seu pobre comentário ofensivo, nossa idéia é mostrar livramento para pessoas de toda Bahia e do Brasil, fomos bastante parabenizados e apenas uma crítica, é uma pena que não agrademos a todos, mas tenho certeza que agradamos mais do que perturbamos. desde já agradeço sua crítica.

"O termômetro do sucesso é apenas a inveja dos descontentes."

E estamos disposto a uma boa conversa e venha conhecer a nossa filosofia de ser um motociclista.

Um abraço.

 
Lia Meira
lia.meira1@gmail.com

Parabéns pelos 10 anos! Que venha muitos 10 anos! Continue nos informando, nos encantando!

 
Antônio Costa Aguiar
costaaguiar2011@hotmail.com

Dez anos informando com propriedade, esclarecendo com imparcialidade, divulgando o necessário, despertando curiosidades, provocando ações, reações e questionamentos. Assim que eu gosto, assim deve ser. PARABÉNS MANDACARU!

 

Leonardo Brito
leonardobrito1960@gmail.com

Gostaria de deixar o meu protesto e a minha indignação com a ação deste grupo de desordeiros motoqueiros, incluindo os seus idealizadores, pela ação desmiolada de perturbar a ordem pública durante todo o dia de sábado e a noite. Não podemos dormir por causa do barulho ensurdecedor que estes desocupados e com cérebro de azeitona estão provocando.

A polícia assiste inerte a tudo isso por incompetência ou omissão e nada é feito para ao menos coibir a ação destes cérebros de azeitona. Quanto maior o barulho, menor é a azeitona que regula seu pobre cérebro.

O direito de todos deve ser respeitado e hoje não estou vendo isso aqui na minha cidade.  É lamentável o que estes deseducados pelos seus pais e mães estão fazendo agora à noite.

Será que estes metidos a jovens curtidores fariam este mesmo barulho em frente à casa do juiz desta comarca ou na frente do comando da Polícia?

Fica o meu protesto.

 

Atualizado em 10.01.2015

Gerlando dos Santos Oliveira
gerlandoso@hotmail.com

O MANDACARU DA SERRA tem sido coerente com o nome. Penso que devia marcar mais presença no sertão e, como a árvore sertaneja, vivenciar sua realidade. Parabéns, pelos 10 anos de trabalho e credibilidade! Cuide dos seus espinhos! Se perdê-los será uma coisa qualquer.

Atualizado em 06.01.2015

Sinval Rodrigues Dias
sideneca@hotmail.com

Os meus Parabéns por este trabalho maravilhoso eu tenho certeza que pela seriedade do trabalho, pela qualidade das Notícias e pela as belíssimas Mensagens com certeza é um Trabalho Iluminado por DEUS e sem as Mensagens, e as Notícias do Mandacarudaserra Livramento seria incompleto.

 
Antônio Pereira
pereirasilva56@uol.com.br

Vou tentar ser breve em meus cumprimentos pelos dez anos de "O MANDACARU", pois se me deixasse levar pelos  ditames de minha mente e de meu coração, externando longamente aqui meus melhores e sinceros sentimentos sobre esse importante blog, poderia resvalar no que muitos dos que vierem a ler esta mensagem - que escrevo emocionado - pudessem entender como pieguice de minha parte. Parabéns Raimundo Marinho. Que Deus lhe dê vida com qualidade para que possa conduzir "O MANDACARU" a muitos outros decênios, sem jamais abdicar dos princípios que o norteia e das finalidades para as quais foi criado.

 

Andrey Oliveira
andrey.oliveira@secom.ba.gov.br

Saudações, Meu nome é Andrey, sou jornalista da Secretaria de Comunicação do Estado da Bahia. Estou entrando em contato pois estamos fazendo um mailing de blogs/sites das regiões da Bahia, para manter todos catalogados. Preciso de um e-mail de contato deste site, se puder enviar para o e-mail andrey.oliveira@secom.ba.gov.br, agradeço.