Mensagens recebidas via e-mail

ATENÇÃO!

Condições para publicação das mensagens:

Nome completo do autor, endereço de e-mail, endereço residencial e telefone para contato e não contenham ofensas a terceiros.

Atualizado em 12.02.2016

(Fomos alertados, ontem, que nosso link de contato estava desativado. Mas já foi restabelecido. Quem, por ventura, enviou mensagens e não foram publicadas, favor enviá-las, novamente)

Jailson Lima
jailsonjlima@ig.com.br

Em relação ao Comentário - 02.02.2016 Bombons azedos! Raimundo Marinho Jornalista e em relação ao comentário 15.01.2009 Parasitas da administração:

“(...) Quanto contraste há em relação aos que de fato sabem ler um jornal e interpretar um comentário - felizmente a maioria esmagadora, mas ainda silenciosa! Só estes podem atestar que as únicas críticas e comentários verdadeiros que o prefeito pode ter - ainda que não goste - são os nossos, totalmente isentos de interesses e bajulações, posto que fundados na seriedade, na independência política, profissional e econômico-financeira do jornalista. ”

Conclusão atual: Sete anos se passaram e o comprometimento com a transparência e verdade continuam a mesma do Jornalista Raimundo Marinho.

Nota do Editor:
Jailson faz referência a um comentário publicado, em 15.01.2009, na então Página Política deste site, intitulado Parasitas da Administração, do qual ele transcreveu o último parágrafo. Para ler a íntegra do texto, acesse: http://www.mandacarudaserra.com.br/politica/2009/janeiro_2009.html

 

Atualizado em 22.01.2016

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Querido Weverson! Ops! Padre Weverson!

Daquela carteira no meio da sala do CEJVB, ao altar! Parece que foi ontem, não é mesmo? Sempre com um sorriso nos lábios e de olhar atento, para logo depois imitar meus trejeitos e modo de dar aula, lá se foi o meu aluno rumo ao encontro de Cristo. Que bonito evento, Padre Weverson!

Sei que sua missão está apenas começando. O caminho é longo e a porta estreita, mas seu coração é espaçoso e a sua fé é imensa!

Rogo ao Bom Deus que o abençoe sempre, e que você nunca perca esse seu jeito dinâmico e sadio de imitar as pessoas, pois o faz de maneira pueril e sadia, como bem colocou Raimundo Marinho, na matéria sobre você, no Mandacarudaserra.

Lembre-se dessa professora nas suas orações, que você, Padre Werverson, está sempre presentes nas preces que ela faz! Fique na Paz de Cristo, o mesmo Cristo que despertou em você, o chamado para segui-LO!

Abraços fraternos da ex-professora e sempre amiga, Márcia Oliveira.

 

Weverson Almeida
walmeida21@live.com

Oi minha querida! Desculpa só responder agora. Não acessei os e-mails enquanto estive num curso de liturgia intensivo em São Paulo, que fui participar logo após a ordenação. Obrigado pelas sinceras felicitações por meio destas belas palavras recordativas.

Obrigado pelo bem que me desejas. Com certeza estará sempre presente em minhas orações. Sabe que muito a estimo. E que o padre de hoje dependeu em muito do aluno da professora Márcia na carteira do CEJVB.

Agradeço pelas lições de português e sobretudo, de vida. Grande abraço. Deus a ilumine! "Padre" Weverson.

 

Atualizado em 14.01.2015

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Querido Raimundo!

Deixei para agradecer a homenagem que você prestou a mim, Sua Carlitos, hoje, data especial para nós dois, pois faz 10 anos que nos encontramos, ou melhor, nos reencontramos nesta vida!

13 de janeiro de 2006! Dia em que consegui apagar de minh'alma e arrancar do meu peito, os poucos desamores que surgiram em minha caminhada, antes de você. Deus de infinta bondade, testa a nossa fé e paciência diante dos Seus desígnios e, comigo, não foi diferente. Tinha a certeza de que Ele me apresentaria  alguém  para que eu conhecesse a verdadeira face do amor: Você!

Obrigada por ter aparecido em minha vida e transformá-la para melhor! Obrigada por ser esse alguém que ameniza  meus dias mais nebulosos, quando pergunta: Na paz? Ou simplesmente quando diz: Minha menina!

Obrigada, ainda por acariciar a minha tristeza, respeitar o meu choro, sorrir comigo, andar ao meu lado, ver em mim qualidades que somente você consegue vê-las! Sou grata porque encontrei um verdadeiro cavalheiro, o meu amante à moda antiga, como diz a canção de Roberto Carlos, que oferece música, envia flores e cartões com mensagens de amor! Obrigada pela Paz que encontro quando está comigo!

Hoje, mais do nunca, posso repetir para você,  mais convicta do que há dez anos quando, às margens de um rio, indagou-me: O mulato tem alguma chance? E eu respondi: Digamos que sim!  E o sim prevalece.

Feliz 13 de janeiro pra você também! 

Com amor, Márcia Oliveira

Atualizado em 28.12.2015

José Maria de Jesus
Professor
(jmpedagogo@bol.com.br)

Falência intelectual e moral da Educação

Houve época em que professores e professoras  eram tidos como as pessoas mais respeitadas numa comunidade brasileira, mas hoje não.

Segundo informações, ser Professor no Japão ainda é uma profissão muito respeitada, e para os japoneses o professor é chamado de sensei, ou mestre em português, pois é considerado o sábio, o centrado e orientador das crianças. O Japão tem a exata noção de que o futuro do país depende das crianças, por isso a educação é muito valorizada, rigorosa, disciplinada. Mas em nosso país, não se pode dizer o mesmo.

Há tempos, os alunos iam às escolas para adquirir novos conhecimentos: conhecimento intelectual, conhecimentos extraídos dos livros, conhecimentos científicos. Aprendiam as quatro operações, álgebra, aritmética e a normas da gramática. Aprendiam a escrever bem, a ler bem e a redigir bem.

Tinham aulas de boas maneiras, civilidade, educação moral e cívica e até prendas domésticas, e tudo era ditado ou escrito no quadro negro com giz de cal. O Aluno tinha que copiar tudo e copiava com muito prazer e havia aprendizagem. Não havia televisores, computadores, internet, celulares e outras tecnologias, e a maioria dos estudantes aprendia, mas hoje não.

Muitas pessoas só estudavam até a quarta série, mas saia da escola com conhecimento muito melhor do que 90% dos estudantes que concluem o ensino médio hoje. A maioria dos estudantes das escolas públicas do século XXI não quer mais aprender, só obter notas para passar de ano. Passam o tempo todo na escola, quando não é brincando, é perturbando e impedindo colegas de aprender.

Infelizmente, há professores que entram nessa onda, não conseguem ensinar e saem distribuindo notas sem nenhum critério, para se verem  livres desses alunos, no fim do ano. Por outro lado, o professor que quer fazer um trabalho série e justo, e exige responsabilidade e aprendizagem e quer que o aluno aprenda é visto como carrasco. Muitas vezes é mal interpretado. Diante disso, falsos estudantes chegam até a escrachar e a tratar o professor com desrespeito.

Em algumas escolas, dirigentes escolares, que interpretam mal as leis educacionais, dão mais direito aos alunos irresponsáveis do que ao professor. O aluno xinga, desrespeita, fala o que bem quer com os professores. Os professores, por outro lado, não podem responder, e se responder tá perigoso ser processado. E é por isso que a educação está cada dia pior. Decadência total. Não vejo nenhum caminho para reverter essa situação.

Sempre faço uma pergunta aos estudantes: Alguém quer ser professor? 99% respondem que não. Dai, pergunto: Por quê? Resposta: Porque Professor sofre muito e ganha pouco.

Diante dessa resposta acredito que estamos caminhando para a extinção. Em muito breve não teremos mais professores para ensinar de forma presencial. Quem quiser estudar terá que acessar a internet. O EMITEC, na Bahia, já é esta realidade.

Quando essa ideia se proliferar, pelo menos os professores não serão mais agredidos por falsos estudantes.

 

Atualizado em 22.11.2015

Márcia Oliveira

marciadelourdeso@yahoo.com.br

Querido Jornalista!

Lamentável o major não ter conhecimento de quem realmente é o Jornalista e advogado Raimundo Marinho dos Santos.

Sua retidão de caráter, Raimundo, está presente em tudo o que você faz, mas parece que isso incomoda muita gente.

É preciso tomar cuidado com o que se publica, e quem publica, para não confundir o leitor, como foi o caso da notícia dada pelo blog L12 sobre a morte do assaltante:

Segundo informações oficiais da PM “Rafael Santos Machado veio a óbito já nas dependências da delegacia local, morte esta constatada por prepostos do Samu, entretanto ainda não temos o que motivou o óbito, informou a PM”.

Só depois é que viram que o detido havia caído da ribanceira? Estranho, não é mesmo?

Diferentemente do mandacarudaserra, por que será que o referido site não respeita a opinião dos leitores, quando a mesma não corresponde aos interesses dele?

Goethe escreveu uma grande verdade: "A conduta é um espelho no qual cada um mostra sua própria imagem".

E a sua imagem está refletida na sua conduta ilibada. Que a sua estrela continue brilhando, principalmente nas "noites" mais escuras!

Abraço carinhoso, da sua leitora mais fiel!

 

Atualizado em 21.11.2015

Edson Trindade
(Facebook)

Prezado e competente colega Raimundo Marinho, li sua matéria intitulada "Foguetório, óbito e barbárie", e achei muito estranho um representante do Estado emitir uma nota com um teor de ódio que salta aos olhos. Enviei a seguinte pergunta, por meio do site l12.com.br, ao Major:

Prezado Major

Gostaria de saber porque o rapaz que morreu nas dependências da Delegacia de Livramento não foi levado para o hospital local antes de ser levado para a Delegacia, já que ele estava machucado, como o senhor mesmo disse na matéria que ele havia caído de uma ribanceira e isso foi a causa da morte do mesmo?

Estranhamente, o l12.com.br publicou a pergunta e logo em seguida retirou do site, porém, no Facebook ainda continua.

 

João Batista Miranda Cambuí
diroperacional@jjinspecoes.com.br

Prezado jornalista!

Parabéns pela forma tranquila como comentou a nota cheia de arrogância e autoritarismo do major da PM, sr. Irlando Oliveira. É desanimador ter uma autoridade tão elevada, mas com tão alto grau de intolerância.

Tive o cuidado de ler atentamente o comentário do seu site e, de fato, nada fala sobre o PM, seus comandados e nem da Polícia Militar. Apenas refere-se ao fato de uma pessoa, não importa seja assaltante, ter morrido nas dependências da Delegacia de Livramento.

Também não vi nada que indique tentativa de manipular a opinião do leitor. Sobre a morte do assaltante, o mínimo a ser feito, pelas autoridades, até para se evitar suspeitas, seria investigar e divulgar as reais circunstâncias do ocorrido.

 

Ricardo Neves
(Whatsapp)

Boa tarde, fiquei abismado com a arrogância e prepotência do conteúdo da nota divulgada pelo Major da PM sobre a reportagem do mandacaru. O Major atribui politicagem ao jornalista, mas na verdade quem demonstra parcialidade e envolvimento com os gestores de Livramento é ele, com tanta palestra e aparições públicas em órgãos do município.  Fiquei tão perplexo e indignado que postei meu comentário em todos os blogs em que ele fez divulgar a prepotente nota. Mas não publicaram meu comentário, porque desconfio terem parcialidade em relação à pessoa do Major e da Administração municipal de Livramento.

 

Rosangela Alves Neves
(Facebook)

É obvio que o Major está sim envolvido na política local. Sua indignação e aparecimento constante na imprensa ao lado dos Gestores Municipais, ministrando palestras em Escolas Municipais é o suficiente. Seu antecessor Major Luiz Afrânio, sim fez um excelente trabalho em Livramento, mas caiu no desagrado dos Vereadores. O atual certamente está agradando os Vereadores, mormente os da atual gestão municipal.

Atualizado em 14.11.2015

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Querido Jornalista!
Agradeço, de coração, os emails, telefonemas e abraços recebidos, pelos artigos que escrevo para este site de grande credibilidade. Sei que, as pessoas sensíveis, têm o poder se reconhecer o valor das mensagens que, carinhosamente, as ofereço. Obrigada Raiana, Jorge Timbó, Júlio César, Lígia Timbó, Lúcia Timbó, Maria Inês Lessa, Luanne Oliveira, Anita Meira, Paulo Marques,Ilone Nogueira, Junei Rego, Antônio Pereira Silva, Fernanda Teixeira, Adriana Assunção, Dulcemária Assunção e tantos outros, pelas palavras aconchegantes. Que Deus abençoe seus caminhos! Abraços fraternos!

 
Cícero Dias
cdias1983@gmail.com

Certas coisas acontecem apenas no Brasil, ao fatos:
1º - Prefeito é notificado a devolver R@ 1.000.000,00 para os cofres públicos;
2º - É multado em R$ 40.000,00;
3º - O TCM afirma haver irregularidades que atentam “gravemente, contra a norma legal e contrariar os mais elementares princípios de natureza contábil, financeira, orçamentária e patrimonial”;
4º - Suas contas são aprovadas.

"Nas favelas, no Senado tem sujeira pra todos lado, ninguém respeita a Constituição, mais todos acreditam no futuro da nação. Que país é este?" (O Trovador Solitário, Renato (Russo) Manfredini Júnior, em 1978), além de poeta, profeta.

Atualizado em 12.11.2015

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Querido Jornalista!

É motivo de muito orgulho, para o cenário seco de cultura, como está a nossa querida cidade, ter um menino vencedor num concurso nacional, promovido pela TV Futura. É bom enfatizar que as duas crianças vencedoras são nordestinas, a outra, Maria Helena, é do Ceará. Parabenizo o pequeno Davi Teixeira pelo talento que ele tem na arte de desenhar e, principalmente, por ter o hábito da leitura. Sei que ele terá sucesso na vida, esse primeiro prêmio é só o começo. Que Deus o abençoe, menino Davi.

 

José Aparecido
sousape2000@yahoo.com.br

É sempre uma alegria quando abro seu site, Raimundo, para ler as notícias, muito bem pesquisadas e escritas. O que você descreveu sobre Márcia é emocionante.

 

Fernanda Benício Teixeira Silva
nandabenicio@hotmail.com

Olá Raimundo e Márcia!
Ficamos muito contentes pela matéria sobre o programa Mundo da Leitura que Davi, nosso filho, gravou! Foi muito importante este momento em nossas vidas, pois Davi teve o primeiro contato com o universo acadêmico, uma vez que o programa foi gravado na Universidade de Passo Fundo-UPF, na cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul! Obrigada por pelo prestígio de ter divulgado no site Mandacaru da Serra essa experiência única e enriquecedora na vida de uma criança... que é conhecer os bastidores de um programa e todo o processo de construção envolvido na gravação do Mundo da Leitura - um programa educativo voltado ao público infantil! Este é um incentivo à leitura!!! Um abraço de Fernanda Benício, Davi Francisco e família!

 

Atualizado em 03.11.2015

Raiana Cristina Dias da Cruz
raianacristinadias@yabhoo.com.r

Raimundo Marinho, quero agradecer e dar os meus parabéns a você. Nestes dez anos de O Mandacaru, vejo que a cada dia que passa esse site cresce em qualidade. Destaco os artigos da Professora Márcia Oliveira, que são a quintessência da delicadeza. Só uma pessoa iluminada e com a sensibilidade da Professora Márcia pode fazer, assim, textos brilhantes, homenageando professores, poetas, pessoas mais do que especiais por aquilo que foram e que são para todos nós. É sempre uma emoção ler o que ela escreve. Sinto-me privilegiada por ter sido sua aluna. Jamais poderei esquecer as suas belíssimas aulas. Ela não transmitia somente os conteúdos da Língua Portuguesa; transmitia valores, beleza de vida e amor. Hoje, eu entendo o que diz Khalil Gibran, em seu livro O Profeta: “O professor não dá a sua sabedoria, mas, antes, a sua fé e amor”. Quem acredita no que faz e quem ama o que faz sempre fará bem aquilo que fizer. Muito obrigada, Professora Márcia, por essa elegância em homenagear pessoas que merecem todo o nosso carinho e respeito. Parabéns! Obrigada, Raimundo, pelo grande trabalho que você realiza! Parabéns, O Mandacaru!

Atualizado em 25.10.2015

Ailton Hipólito
ailtonhipolito@hotmail.com

Nobre Jornalista, como filho desta terra, quero aqui parabenizar este belo trabalho que está sendo feito pelo representante da PM o Maj. Irlando Lino, trabalho que deveria ser seguido por todos que aqui representa um órgão, desde que assumiu a Cia/PM, o mesmo vem fazendo palestras educativas nos recantos desta cidade. É isto ai Maj., fique sabendo que, como livramentense, lhe agradeço por esta aproximação de Polícia com as escolas e com a sociedade deste município.

Roberto Correia
robertto@atarde.com.br

Prezado Marinho:
Leio agora este excelente veículo de comunicação de Livramento de Nossa Senhora, constatando que a velha qualidade de texto, vindo de boa cepa, se é que é possível, melhorou. Parabéns.

 

Atualizado em 21.10.2015

Ilone Ribeiro Guimarães Nogueira
livramentodenossasenhora.sepi@unip.br

Márcia,

Quero te agradecer por ter se lembrado da minha pessoa, em uma entrevista tão linda como esta que fez com Dona Helena e Dona Ana. Emocionei-me muito quando vi a foto de TEU (Matheus) com o uniforme da Escolinha Sítio do Pica Pau Amarelo. Minha base de tudo que sou hoje, depois, o Centro Educacional Paula e Bruna, na qual você fez parte dos nossos professores, e hoje a UNIP. Muito obrigada e saiba que tenho um imenso carinho por você. Parabéns.

 

Júlio César Caires Leal
juliocesarcairesleal@gmail.com

Bom dia, Raimundo! Que entrevista bonita aquela sobre o jardim-de-infância, feita com as irmãs Ana e Helena. Encantei-me ao vê-las falar da sua profissão e lembrar de como a exerciam em meio aos empecilhos daquele tempo. É realmente inspirador ver um profissional apaixonado exercer com gosto a sua profissão e ser reconhecido por causa do que faz. Mais ainda, quando este é um professor. É em tempo, portanto, que exponho aqui uma notinha de saudade e de agradecimento para Márcia, minha professora por poucos mais impagáveis meses no CEJVB, no primeiro ano. É uma pena que os obstáculos de hoje sejam ainda mais difíceis de superar, entretanto isso torna ainda mais abnegada e valorosa a profissão PROFESSOR, que muitos de nós, por cegueira, temos menosprezado. Abraço!!!

 

Atualizado em 18.10.2015

Lígia Timbó
ligiatimbo@uol.com.br

Márcia, Boa Noite!
Fiquei super feliz com a sua iniciativa de prestar esta linda homenagem a minha Mãe e Tia Helena. A entrevista foi muito bem conduzida. Parabéns pelo seu trabalho e muito obrigada pela homenagem. Um abraço!

 

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Amado Jornalista:

Muito obrigada pela homenagem a minha pessoa. Acredito ser uma privilegiada por ter você em minha vida. Lembro-me quando uma dessas mal amadas me indagou por várias vezes: "O que é que você viu em Raimundo Marinho?". Respondi, categórica: “Saiba que aquilo que eu vi nele, você jamais verá”. Resposta aberta a muitas interpretações e, para uma delas, está explicita nesta belíssima declaração que recebi. Você não é só o meu porto seguro, é minha Bahia, é o meu Brasil inteiro! Agradeço ao Bom Deus por ter colocado em  meu caminho esse ser mais do especial, íntegro, inteligente, sincero, culto e, acima de tudo, amado por mim. Estou, como bem escreveu você, numa nova fase, desejando em dobro a todos, sem exceção, tudo aquilo o que me desejam e, creia, jamais deixarei de sorrir para aquele que, nos momentos mais difíceis, secou as minhas lágrimas: você. Beijos!

 

Maria Inês Lessa e Silva
ineslessa@gmail.com

Márcia, muito emocionante a entrevista sobre o Jardim de Infância, com minha mãe, D. Helena, e tia Ana. Somente uma sensibilidade como a sua, para condução da entrevista, poderia trazer reminiscências tão especiais como as que brotaram das lembranças delas. Parabéns! Muito emocionada.
Aproveitei para ler outras matérias, e fiquei também muito emocionada com a sua homenagem a D. Lourdes. Grandes recordações trago em meu coração, de sua família, em especial de Alfredo. Vivemos momentos intensos de grande amizade,  compartilhamentos e sensibilidade. Gracias!!!

 

Escola Estadual Dona Tina
donatinaescolaestadual@yahoo.com.br

NOTA DE COMUNICAÇÃO SOBRE A FEIRA DE CIÊNCIAS:
PARABÉNS AOS ALUNOS DA ESCOLA DONA TINA!!

A Escola Estadual Dona Tina parabeniza a equipe dos nossos cientistas e professores e equipe de coordenação da Feira!

De 05 projetos inscritos na FECIBA, tivemos a felicidade de três projetos aprovados  para a Feira Estadual de Ciências e Matemática em Salvador, Bahia, que terá sua culminância em novembro:

* Aquecedor Solar
* Guindaste Hidráulico
* Iridologia

Antonio Pereira Silva
pereirasilva56@uol.com.br

Fui aluno da professora Ana Timbó, no CEJVB, em 1977, quando cursava o “1° Básico” e entre os colegas de classe (turma “A”) estavam Beto e Anita, respectivamente, irmão e cunhada da professora Márcia, e Lígia e Fernando, a primeira, filha de Dona Ana e o segundo, seu sobrinho e filho de Dona Helena Lessa.

Durante os ensinamentos em aula, mais de uma vez ouvi de Dona Ana, em tom de aconselhamento, que “tudo que deve ser feito, deve ser bem feito”, frase que muito me agradava por verbalizar um sentimento que já fazia parte de minhas convicções.

Hoje, sempre que me vejo diante da tarefa de passar algum conhecimento prático ou teórico a alguém, repito para o aprendiz essa sábia exortação, sem nunca deixar de creditá-la à experiente e dedicada mestra.

Parabenizo e agradeço a genial professora Márcia por estar sempre nos brindando com excelentes artigos sobre pessoas e fatos, que são realmente merecedores de destaque ou homenagem, acrescentando-lhes informações até então desconhecidas da grande maioria dos leitores e proporcionando-nos boas lembranças e muitas vezes, saudade.

 

Jorge Luís Lessa Timbó
(e-mail omitido a pedido)

Márcia, Boa Noite!

Em nome da minha família quero agradecer de coração as duas homenagens que você prestou à minha Mãe, no dia do Professor. Somente uma Professora com a sua reconhecida  competência para reconhecer o árduo trabalho de duas grandes mestras. Quero aqui também registrar a minha lembrança à minha primeira Professora,  no 1° ano primário, no Grupo Escolar Lauro de Freitas: Dona. Mirinha, esposa do Sr. Leodegario, ambos já falecidos. Você foi brilhante!  Obrigado.

 

Maria Lúcia Timbó
mlltimbo@hotmail.com

Bom dia Marcia,

Quero agradecer de coração pela bela matéria/entrevista com minha mãe e tia Helena, em homenagem ai dia do professor. Uma bela entrevista, onde você soube conduzir muito bem, falando sobre temas tão atuais hoje e do tempo delas. Fiquei muito emocionada mesmo, quando li, muito obrigada mesmo. Belo trabalho!

 

JUNEI RÊGO
juneirego@hotmail.com

"NO JARDIM DA INFÂNCIA"... PARABÉNS  PELA BELA REPORTAGEM. EU, PARTICULARMENTE, AGRADEÇO PELA PRAZEROSA LEMBRANÇA....VIAJEI NO TEMPO....EXCELENTES PROFESSORAS: "TIA HELENA" E "DONA ANA". VALEU! FRATERNO ABRAÇO A TODOS PROFESSORES!

 

Atualizado em 15.10.2015

Gilberto Brito
brito-gilberto@uol.com.br

Qual flecha pontiaguda, seu veículo de comunicação mergulha no interior do sentimento de tantos quantos preservam os passos da vida. Parabéns!

 

Jorge Soares 
jorgesoares.advogado@gmail.com

Márcia, Li ainda ontem e me emocionei (16 anos sem D. Lourdes). Abraços!


Giovanni Tanajura Silva
giovannitanajurasilva@gmail.com

Olá Raimundo,
Sou morador da Rua São Judas Tadeu (2ª Travessa) do bairro Estocada, e o quintal de minha casa faz limite com o terreno onde está sendo construída a nova avenida que liga os bairros Estocada e Polivalente, bem como o loteamento ao seu entorno.

A questão é que até ontem (12), exatamente atrás de minha casa (praticamente junto ao muro), existia uma enorme e bela árvore  (devia ter bem seus 30 metros de altura), da espécie Astronium fraxinifolium, conhecida popularmente como gonçalo-alves.

Esta que é uma árvore típica do Cerrado e Caatinga e encontra-se na categoria de ameaçada de extinção (http://www.mma.gov.br/estruturas/179/_arquivos/179_05122008033627.pdf), era uma das únicas remanescentes da primeira obra realizada no local (que desmatou e abriu a estrada), e fornecia abrigo e local de nidificação de uma série de espécies de aves, tais como o Furnarius rufus (joão-de-barro) e o Forpus xanthopterygius (jandaia).

Apesar disso, e do fato de que (imagino eu) pela sua localização, não estaria atrapalhando em nada a obra, simplesmente derrubaram a tal árvore, e estão empenhados em retirar até as raízes.

Não sei bem ao certo quem o fez, mas, decorrente a obra para a pavimentação da estrada que está sendo feita pela prefeitura, acredito que esta seria a primeira candidata.

Se foi legal? Não sei. Não entendo de leis, e não sei se realmente consiste, mas para mim, em vista das circunstâncias (uma enorme árvore ameaçada de extinção que servia de abrigo para diversas espécies), isso se mostra um grande crime ecológico!
Confesso que estou também bravo comigo mesmo, pois já temia que acontecesse isso (já tentei falar com o IBAMA e pensei em falar com a SEMA do município), mas nunca tomei nenhuma atitude concreta para evitar o acontecido...

Logicamente, não quero que parem a obra, já que esta significa um grande avanço para a cidade, especialmente para meu bairro e minha casa (uma vez que encontra-se tão próximo), mas não seria questão de se investigar a respeito? Não teriam derrubado a tal árvore (talvez ilegalmente) sem a menor necessidade, mas somente pela questão de ver o chão limpo?

Gostaria de contar com sua opinião a respeito e vou também procurar pesquisar sobre o assunto...

 

Anita Meira
(via whatsApp)

Boa tarde! Acabei de ler seu artigo homenageando Marcinha. Que coisa mais linda, sentimento mais puro e verdadeiro, brotado do coração! Estou emocionada. Não tenho palavras, mas reconheço: Ela merece! Parabens!

 

Luanne Oliveira
luameira@hotmail.com

Oi tia! Uma linda tarde...
Estou emocionada com a homenagem de tio Raimundo para você. Que singelo, que encantador, que verdadeiro...
Lendo sua carta para o sr. Didi, senti como as amizades são laços essenciais para nossas vidas. Não importa as diferenças, quaisquer que sejam. Momentos são o que fortalecem esse carinho de muitas outras vidas.
Contudo, nada me emocionou tão profundo quanto a sua homenagem a vovó Lourdes. Esse momento mãe tem me deixado tão saudosa das minhas avós que tenho certeza que elas estão por perto.

 

Robson Ribeiro
robson-ribeiro@hotmail.com

Sr. Raimundo Marinho, Agradeço pela lembrança e reportagem feita sobre meu pai , realmente ele foi uma pessoa importante para agricultura de Livramento e também para muitas pessoas, inclusive para mim e para nossa família, pai exemplar, irmão exemplar, filho exemplar,  ajudava pessoas sem olhar a quem, e nós o amávamos muito. Sentiremos muita falta dele.

 

Gerlando Oliveira
gerlandoso@hotmail.com

UMA MÚSICA, UMA REALIDADE

Prezado Raimundo Marinho,

O Mandacaru continua original, sem dar encosto nem sombra, mas capaz de oferecer flores, retratadas na sua declaração para a professora Márcia,  que na APLB estamos arreuni.

Sinto contemplado com minhas vivências e lembranças do último fim de semana. em que estive com a nossa fonte de vida, a agonizante Barragem Luis Vieira, onde, junto com alguns malungos, acampamos e passamos a noite ao lado do que lhe resta do líquido da vida, após a frustração de não podermos ficar em um dos seus principais riachos, por o mesmo se encontrar completamente seco.

A aparente decepção podia ser cantada no grito de Décio: “Corre, sobe no topo daquela serra minha menina/Grita socorro pra os filhos da Terra/Salve a Chapada Diamantina”.

No domingo, uma neblina forte, nos fez levantar acampamento e me encheu de esperança de que nosso sertão livramentense pudesse está recebendo a já atrasada "chuva dos imbu", o que certamente aliviaria a aflição de um amigo que só não perdeu toda sua rocinha de maracujá, após sua lagoa secar, porque um vizinho camarada lhe arranjou "uma hora de água".

Já no sertão, no domingo à tardinha, indagado sobre a solução do problema, "Pelo menos por uns dias, sim. Quem sabe Deus manda a Bonança!", me lembrei das penitências da minha vó: “Meu divino São José/Aqui estou em vossos pé/Dai-nos a chuva com bonança/Meu Jesus de Nazaré”.

Andando em direção a casa dos meus pais, na manhã das Crianças e de Nossa Senhora, perambulava entre a realidade do Campo Branco e do Rio Seco e o sinal de esperança nos homens bons que “arrumam água até que Deus manda a Bonança” na poesia de Elomar:

Campo branco minhas penas que pena secou
todo bem que nóis tinha era a chuva era o amor
num tem nada não nóis dois vai penando assim
...
e esse tempo da vinda tá perto de vim
sete casca aruêra cantaram pra mim
tatarena vai rodar vai botar fulô
marela de u'a veis só
pra ela de u'a veis só

 À tarde, entre as diversas interpretações da povoada missa de Nossa Senhora em Iguatemi, da realidade do nosso município estampada também nas páginas deste site, Gilberto Gil já cantava em 1967:

“Entra ano, sai ano/E nada vem/Meu sertão continua/Ao Deus dará/Mas se existe Jesus/No firmamento/Cá na Terra/Isso tem que se acabar”.

 

 

Atualizado em 13.10.2015

Paulo Marques de Oliveira
paulomoliv@hotmail.com

Bela declaração, bela carta de amor... parabéns meu caro amigo Raimundo. Romântico como nos velhos tempos! Pois é, com certeza você não é o Castro Alves, o Drummond ou o Mário Quintana, mas para Márcia, certamente é e será sempre todos eles, um pouquinho também do Chaplin e, provavelmente, por momentos inconscientes, um pouquinho também de D. Lourdes, Seu Celso, Alfredo, Beto, Bolinha, enfim, deu pra entender e  acho que é mesmo você a porta de entrada, o divã na sala, a cama macia que ela procura todas as noites, a cozinha abundante, os primeiros raios do amanhecer, o cantar dos pássaros no quintal, a lua que existirá, mesmo nas noites escuras ou sombrias...

Por isso, parabéns para Márcia também, por ser razão e  musa de um amor publicamente confesso, portanto, provavelmente  verdadeiro (coisa rara hoje em dia). Parabéns pela professora dedicada que é e pelo o que podemos chamar de "Uma grande mulher".

 

Soraya Ribeiro Hall
soribeirohall@hotmail.com

Raimundo, obrigada pela matéria sobre o meu pai, Raelson, e especialmente o carinho e admiração que sempre teve por ele.

 

Wildes Dias Ramos
wdr-sn@hotmail.com

Olá, Marinho! Moro em Olímpia-SP, mas sou livramentense do povoado de Sitio Novo. Gostaria de deixar aqui minha indignação com  a Prefeitura de Livramento, que, há mais ou menos dois anos, abriram um poço artesiano em Sitio Novo e acabaram encontrando água para alegria do povo. Mas nem tudo foi alegria, pois até hoje o poço não foi equipado. A comunidade de local está muito necessitando dessa água, mas será que eles irão equipar o poço só no ano que vem para comprar a inocência do povo, na politica de prefeito?

 

Atualizado em 10.10.2015

João Batista Miranda Cambui
joaocambui@jjinspecoes.com.br

Prezado Raimundo,

Gostaria de um espaço para responder ao ilustre conterrâneo Zeferino de Paula Lima Neto (Zifa). Pensei na definição de fiasco que é dada pelos dicionários: “Resultado desastroso de uma empresa ou tentativa”. Mas posso ficar, também, com a do próprio Erasmo da Manga: “Essa pequena reunião, que, em breve, vai se tornar uma das maiores reuniões de Livramento”.

Atualizado em 08.10.2015

AILTON HIPOLITO
ailtonhipolito@hotmail.com

NOBRE JORNALISTA, DIANTE A TANTAS COISAS QUE PRESENCIAMOS NESTES LONGOS ANOS DE NOSSA QUERIDA LIVRAMENTO, SÓ NOS RESTA REFLETIR. "POBRE LIVRAMENTO", JÁ DIZIA UM SR., HA 45 ANOS.

Zeferino Neto
zifaneto@gmail.com

A real necessidade por trás do Ego politico

Essa é uma das perguntas que fazemos aos nossos pacientes no setting terapêutico com o intuito de leva-lo ao insight: “qual a sua real necessidade em fazer ou dizer isso”? “O que está por trás dessa ação”?

Oh nobre jornalista Raimundo Marinho, como eu gostaria de ter você no meu divã para descobrir qual a necessidade real por trás desse texto: Erasmo diz ‘vou ser candidato’ (http://www.mandacarudaserra.com.br/) escrito pelo senhor.

Porque eu me pergunto: diante de tantas falas na reunião do PC do B no dia 4/10/2015, em um domingo de sol forte e radiante, que eu particularmente interpretei como um prenuncio de uma política de Luz em Livramento para 2016, o senhor foi se ater, de maneira tão enérgica e enfática, apenas na fala de Erasmo? Aliás, gostaria também de transmitir um questionamento a João Cambuí: por favor João, defina fiasco?

Ah Raimundo, como eu gostaria de um dia, como uma criança alegre e sociável, trocar algumas figurinhas com o senhor, falar não só de Gregório Bezerra e Francisco Julião, como o senhor menciona em seu texto, mas também de Marx, Engels, Istvan Mészáros, Hobsbawm, Florestan Fernandes dentre outros.

A propósito era nítida a influência dessas grandes figuras e suas respectivas teorias na minha fala, nesse mesmo domingo que “Erasmo da manga” se expressou. Vale lembrar que outros homens também ocuparam o púlpito nessa reunião, muitos deles poderiam ser considerados como verdadeiros sucessores de João Amazonas.

Gostaria muito que o senhor reproduzisse em seu blog a fala do meu nobre amigo e presidente da comissão provisória do PC do B de Livramento professor Jerry Lima. Confesso Raimundo que a parte que mais gostei foi quando ele disse mais ou menos assim: “o partido está aberto para todas as pessoas, sem distinção de raça, sexo, língua, religião, e, consequentemente, todos aqueles que estão filiados no partido tem o direito de colocar, se assim quiserem, os seus nomes a disposição desse mesmo partido para concorrer ao executivo e legislativo de Livramento”. Uma vez que existe no PC do B outras pessoas dispostas a se lançarem como candidatos pelo partido.

Mas aí Raimundo, sabe como é né, existe a subjetividade humana, existem pessoas impulsivas e as vezes até meio histriônicas e outras mais discretas e tímidas. Ta aí, uma coisa que talvez nosso partido tenha em comum com os outros partidos de Livramento, esse mistério (que no nosso caso, pelo menos não é proposital): “quem serão os próximos candidatos do executivo Livramentense”?

Alguns, em virtude da personalidade, gritam e outros preferem esperar a hora que acreditam ser certa para se manifestarem, e tudo isso significa apenas que somos, enquanto seres humanos, diferentes, não melhores nem piores.

Quando li o seu texto Raimundo só me lembrei da psicanalise de Freud que tece algumas considerações sobre o sarcasmo, o vendo como um forma de agressão disfarçada. Também me lembrei do professor Leandro Karnal quando diz que toda a vez que alguém ataca algo (uma conferência do PC do B, por exemplo) está querendo dizer que esse algo é muito forte. Bom, não sei porque, mas me lembrei disso.

Caro Zifa!

Pode preparar o divã e as figurinhas! Quem sabe não tenhamos "o dia em que o jornalista chorou". Mande, também, as falas que quer que publico. Respondo, por enquanto, só uma das suas perguntas: apenas Erasmo disse que seria candidato a prefeito. No seu texto, você esqueceu de dizer que é pré-candidato a vereador.

Abraços,

RAIMUNDO MARINHO
Editor

 

Atualizado em 09.09.2015

Salvador Ribeiro de Souza
caxiao.ribeiro@gmail.com

FALANDO DE POLITICA

Entendo que a situação político-administrativa de Livramento se esgotou com o atual prefeito e que dele já não dá mais para esperar algo de novo. Mas na verdade esta situação vem se arrastando há varias décadas. Isto ocorre porque a mesma sempre foi comandada pelo mesmo grupo politico, que, por consequência, comungam os mesmos pensamentos, convicções e ideologias (conservadores direitistas). Para muitos isto não tem importância, mais é aí que está o erro, basta ver que depois de tantos anos mudanças impactantes e significativas nunca aconteceram, os métodos de governar continuam os mesmos.

Acredito que a grande maioria da população já cansou desta mesmice, mas ainda acredita e sonha com um novo modelo de governo, onde a gestão publica seja voltad sumariamente aos interesses públicos, porque estes tem no seu voto um instrumento da coletividade, diferentemente daqueles que tem o seu voto como instrumento de angariação de vantagens pessoais, como: material de construção, exames e consultas médicas, empregos cargos, contratos e etc.

Vejo que este é momento daquelas lideranças que comungam com estas convicções e pensamentos, independente da função e classe social e agremiação partidária, nos unirmos na construção de uma aliança, de um projeto politico e na busca por um nome que realmente tenha ideologia e convicções progressistas, compromisso, humildade e serenidade o suficiente para vencer as eleições e implementar a verdadeira mudança.

Por não conhecer a todos e para não cometer injustiças, dentre tantas outras lideranças, cito o vice-prefeito Gerardo Junior e o jornalista Raimundo Marinho, pois tenho plena convicção da vossa comunhão deste pensamento e do respaldo moral e politico necessário na construção de uma aliança e deste projeto.

Vencida esta etapa, nos restará quase um ano para convocarmos a abraçar esta causa, (trabalhadores rurais, donas de casas, comerciantes, funcionários, publicos e privados, empresários, doutores, autônomos e etc., todos aqueles cidadãos cansado da mesmice, mas que ainda acredita e sonha com algo de novo.

Vale destacar que, a partir da construção deste projeto, deva abster integralmente de acordos espúrios, assim como de comícios, carreatas, panfletagem exagerada, foguetório, buzinaços. Isto reduz custos, restaura a confiança e facilita a governabilidade. Acorda Livramento!

 

Atualizado em 09.09.2015

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

 
Raimundo,

Patriotismo? Civismo? São coisas do passado para muitos. Cantar o Hino Nacional Brasileiro não faz parte do dia a dia do aluno na maioria das escolas. Tudo isso é "mico", dizem os deseducados e desbrasileirados de plantão. Não se iluda, caro jornalista, que o mais importante é a politicagem que  está impregnada nas escolas, ditando regras e implantando "diretores" e "vice-diretores". Talvez  as escolas desfilarão no dia 6 de outubro, pois o interesse é bem maior. Por que será?

Parabenizo as escolas que fizeram diferente e mostraram amor e respeito pelo nosso Brasil varonil. A Escola Rômulo Galvão mais uma vez mostrou um bom trabalho. Segundo o professor João Neto, na Semana da Pátria, os alunos tiveram muitas atividades voltadas para a temática em questão. No dia 4, a tenente Kleise fez uma bela palestra sobre a Independência do Brasil, discorrendo sobre o patriotismo e a cidadania, prendendo a atenção dos pequeninos, algo que, segundo o professor, não é fácil.

A escola de São Timóteo, pelo que vimos nas fotos, fez bonito com seus alunos, conscientizando-os sobre a realidade que estamos vivendo, mas, acima de tudo, valorizando a nossa Pátria.

O CEEMB está de parabéns pelos trinta anos de existência e por ser a única escola estadual a homenagear o Sete de Setembro em nossa cidade. Infelizmente, segundo sua diretora, Aurileide Brandão, não foi possível a presença de todos os alunos da instituição, uma vez que a maioria mora na zona rural e não foi disponibilizado transporte para os mesmos. Disse ainda que enviou convite às demais escolas para se juntarem ao CEEMB, mas não foi atendida. Não é uma frase feita, é uma verdade: Não basta ser escola - tem que participar! Avante, Brasil!

 

Atualizado em 06.09.2015

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Raimundo,
Eis a imagem doída, triste, chocante e impossível de ser ignorada. Revistas e jornais mostraram essa foto que causou comoção mundial, mas nada está sendo feito para mudar essa realidade. Meu Deus! Quantas crianças como Aylan e seu irmão Galib precisarão morrer para que os governantes mudem a maneira de governar e respeitem a vida do próximo? Nenhum argumento justifica atos desumanos como esse. Nada confortará Kurdi, o pai desses pequenos que perdeu a família na tentativa de oferece-la uma vida digna de ser vivida. "Como alguém que perdeu os filhos, não tenho mais nada o que esperar deste mundo. A única coisa que gostaria é que o drama e os sofrimentos da Síria acabassem e que a paz retornasse". Que Deus acolha o pedido de Kurdi. Pedido que é nosso também!

 

Atualizado em 04.09.2015

AILTON HIPOLITO
ailtonhipolito@hotmail.com

QUE IMAGEM DOLOROSA DESTA CIRANÇA, ACREDITAMOS AGORA QUE REALMENTE O GRANDE PAI ESTÁ ZANGADO DAS COISAS ERRADAS QUE AQUI ESTAMOS PRATICANDO E ESTÁ NOS MOSTRANDO QUE REALMENTE ESTAMOS PERTO DO FIM DO MUNDO.///////

Atualizado em 02.09.2015

Salvador Ribeiro de Souza
caxiao.ribeiro@gmail.com

CONTAMINAÇÃO POR URÂNIO EM POÇO ARTESIANO EM LAGOA REAL

Aproveito este espaço para chamar a tenção das autoridades e da população em geral, dada a gravidade deste fato.

Entendo que este problema tem que ser encarado pelos poderes públicos dos três municípios - Lagoa Real, Caetité, e Livramento, visto que em seus territórios consta a presença de urânio, portanto todos propenso a ser acometidos pelo mesmo problema. Até por que várias suspeitas de contaminação em mananciais dos três municípios foram anteriormente reveladas.

Vale destacar que a nota publicada pela INB aqui em Lagoa Real foi insuficiente e vazia, pois a mesma se restringiu a afirmar que a tal contaminação não está relacionada às suas atividades, além de ter omitido as possíveis causas e possibilidade ou não de ocorrência nos demais.

Apesar de sua afirmação parecer ser verídica, já que pressupõem que a contaminação é resultado da própria perfuração que pode ter atravessado rochas permeadas do tal minério. Mas, com tudo, isto não lhe isenta da omissão, já que como conhecedora da geologia da região, a qual aponta presença de urânio no território dos municípios acima citados, o que lhe caberia desde os primórdios de suas operações ter alertado a população e autoridades locais para os riscos de se consumir águas principalmente de poços tubulares sem analise prévia.

Isto mostra que ao se buscar informação e esclarecimento sobre estes fatos, jamais deva recorrer a INB, ou qualquer outro órgão governamental, nem a entidades civil de defesa do meio ambiente.

Estas informações devem ser solicitadas a uma fonte independente (especialista) que não tenha vinculo com nenhuma das instituições acima citadas, já que todas são políticas.

Entendo que antes de consumir água principalmente das provenientes de poços tubulares desta região, é indispensável que se exija uma analise prévia das mesmas e que este monitoramento fique a cargo de cada município nos seus respectivos territórios, pois já não se pode confiar mais na tal INB.

 

Atualizado em 27.08.2015

Antonio Costa Aguiar
costaaguiar2011@hotmail.com

O vereador Aparecido, me parece, está fazendo um bom trabalho investigativo. Mas vale lembrar que ele era uma tremenda vidraça, agora transformada em estilingue. Esta metamorfose é uma constante entre os vereadores. Difícil é saber em quem confiar.

 

Atualizado em 24.08.2015

Escola Municipal Rômulo Galvão
escolamunicipalromulogalvao@hotmail.com

A família Rômulo Galvão agradece ao mandacarudaserra pelas palavras elogiosas e pela divulgação do desfile alegórico, que ocorreu no dia 21/08/2015, em comemoração ao Dia do Folclore.

 

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Parabenizo a Escola Rômulo Galvão pelo desfile em homenagem ao Dia do Folclore. Eis um exemplo de resgate da nossa cultura. Os organizadores apresentaram um belo trabalho, desde o organograma até a exibição das atrações que  mostraram os costumes e crenças da nossa gente através de muita cor, música, alegria, alunos sorridentes e professores vestidos a caráter.  Lindo!

 

Robson Silva
rsilva@bol.com.br

Marinho,  essas denuncias e essas mazelas feitas pelo prefeito não dão em nada? E o promotor publico não ver isso? Realmente eu fico pensando coitado de nossa cidade, que homens frouxos.

 

Atualizado em 20.08.2015

José Raimundo Abreu
 

Caro Raimundo, sobre sua matéria referente a Universidade da Chapada, gostaria de dizer que houve apenas um equívoco, Livramento não faz parte do Território da Chapada Diamantina. Ela abrange 24 municípios como pode ser observado no link do site enviado. Mas de todo modo, as informações são pertinentes, e seria uma ótima alternativa de despolarização das universidades. http://www.territoriosdacidadania.gov.br/dotlrn/clubs/territriosrurais/ chapadadiamantinaba/one-community?page_num=0.
OBS: Favor omitir meu e-mail.

Nota: Vou pesquisar mais sobre isso, pois aprendi geografia ouvindo e lendo que Livramento ficava no final da Chapada Diamantina. De qualquer modo, não haverá problema, pois o que conta é a area de abrangência eleita, independente do mapa físico. (Raimundo Marinho)

 

Jair do Carmo Silva
jayrscorpions@hotmail.com
 

Livramento pode ser o melhor lugar do mundo e concordo! É que não entra na minha cabeça, é saber que o custo de vida aqui é referente às capitais, principalmente na área de saúde. Exames particulares em clínicas aqui em Livramento, é praticamente quase 80% mais caro que a cidade de Vitória da Conquista e outras cidades de porte alto.
Ex: um exame de rotina do homem (próstata), aqui custa R$250,00 reais. Em Vitória da Conquista custa R$ 180,00 reais.
Um ultrasom mamário aqui custa R$170, 00 reais.
Em Vitória da Conquista, R$ 100, 00.
Um Transvaginal aqui custa R$200,00 reais.
Em vitoria da conquista: R$120,00 reais.
Consulta+preventivo, aqui custa 350, 00 reais.
Em Vitoria da conquista: R$240, 00 reais.

Temos muita vontade de ficar por aqui mesmo, temos excelentes médicos, ótimas clínicas e opções até, mas o abuso financeiro é um absurdo muito grande e muita gente está mal informada, infelizmente.

Então, não reclame e nem critique quem sai daqui pra Vitória da Conquista, para fazer um exame preventivo. E tem mais, o descaso aqui é muito grande, além de pagar muito caro, você é atendido por ordem de chegada, que é errado, sendo que em Vitoria da conquista, é por ordem marcada, se você perdeu seu horário, outro entra no lugar, mas é o correto.

Até onde vai nossa cidade que tem o nome abençoado com registro carimbado, com o nome NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO?

 

Atualizado em 12.08.2015

JOÃO MARQUES RODRIGUES
joao_marques123@hotmail.com

SENHOR RAIMUNDO MAO PREFEITO MUNICIPAL ESTA DE BRINCADEIRA COM A POPULAÇÃO COM TANTOS CONTRATADOS FANTASMAS ESTA DE BRINCADEIRA ESTE PREFEITO AGORA FICOU NOMEADO WEBSTER E SECRETARIO DE GOVERNO E NA FOLHA DE PAGAMENTO ESTA COORDENADOR DE PROGRAMAS EDUCACIONAIS REALMENTE E BRINCADEIRA ISSO VEREADORES COM CARGOS NA PREFEITURA E A POPULAÇAO DE PAGA COM ISSO.

 

Atualizado em 09.08.2015

Wilson Ferraz
wilsonferrazsp@hotmail.com

Sr. Raimundo Marinho, lendo seus comentários sobre Dilma e seu mandato presidencial, gostaria de complementar dizendo que em caso de configurar crime eleitoral na coligação Dilma-Temer, o STF tem o poder de decidir se empossa o segundo colocado na última eleição no caso Aécio Neves ou passa o poder para o Presidente da Câmara Eduardo Cunha que assumiria interinamente com a obrigação de convocar novas eleições para no máximo 90 dias.

 

Atualizado em 03.08.2015

Júlio César Caires Leal
juliocesarcairesleal@gmail.com

Olá, senhor Raimundo Marinho! Gostaria de parabenizar as escolas Felipe Neri Rego e Dom Pedro II pelas conquistas no IDEB. Fico imensamente feliz por essas escolas terem destoado da calamidade que se tornou a educação livramentense. É coisa com que se alegrar, certamente. No entanto, as qualidades de uns não cobrem os defeitos de todo o resto. Por isso, espero que continuemos a lutar para que vitórias como essas não sejam raridade em nosso município. Abraço.

Atualizado em 24.07.2015

Márcia Oliveira
marciadelourdeso@yahoo.com.br

Raimundo Marinho! Quero parabenizar o meu ex-aluno Weverson pela Ordenação Diaconal. Ele realmente atendeu ao chamado de Deus e, creio, está feliz com a escolha. Ele não é só um bom filho como também foi um aluno aplicado, amigo dos colegas, está sempre bem humorado e com um sorriso iluminado. Uma pessoa especial. Sei que a missão dele é pregar a palavra do Cristo e trabalhar para ajudar aqueles que precisam, dentro e fora da igreja, sem jamais perder a alegria e humildade, características que são peculiares. Desejo que Deus o ilumine e que o manto sagrado da Virgem Maria o cubra de bênçãos em sua longa caminhada.

Abraços fraternos da ex-professora e sempre amiga, Márcia Oliveira!

Atualizado em 18.07.2015

Leonardo Brito
leonardobrito1960@gmail.com

Torçamos para que os recursos emprestados pela Desenbahia, sejam aplicados de forma honesta. Que as obras sejam de ótima qualidade. E que nenhum político meta as mãos nestes recursos.

Gostaria de deixar aqui, o meu protesto e o meu repúdio à ação de uma meia dúzia de vândalos que, nesta madrugada, soltou dezenas de girândolas (fogos), com o pretexto de comemorar a liberação dos cinco milhões.

Provavelmente o pai e a mãe destes vândalos, não os ensinaram o que é respeitar o seu semelhante. Respeitar o sono e o descanso de quem precisa dormir para poder carregar suas baterias. O nosso descanso é sagrado. Ninguém tem o direito de soltar dezenas de fogos às 5:00 horas da madrugada. É uma violência o que fizeram nesta madrugada do dia 17. Porque não soltarem estes fogos durante o dia ? Todos nós acordamos assustados sem saber o que estava acontecendo. Durante esta sexta feira, soubemos que estavam comemorando a liberação dos recursos. Parece-me que, pelas comemorações, alguns estariam loucos para meterem as mãos nesta grana.
Mais uma vez reitero a minha indignação e o meu repúdio a esta ação desrespeitosa e inconsequente

 

Atualizado em 15.07.2015

JOÃO MARQUES RODRIGUES
joao_marques123@hotmail.com


SENHOR RAIMUNDO GOSTEI MUITO DA REPORTAGEM SOBRE A LICITAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 034/2013, ESTA VENDO AI COMO AS LICITAÇÕES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA SAO TODAS MONTADAS SABENDO Q VAI SER O GANHADOR VEZ A LICITAÇÃO E QUEM GANHADOR KELLS BELARMINO MENDES, NO VALOR DE R$ 2.960.000,00 PAGAMENTO ACREDITO Q NAO TENHA FEITO AS LICITAÇÃO FOI MARCADA, AI ESTA A PROVA MAIS CONCRETA Q ISSO NAO EXISTE. ESTE E O NOSSO MUNICIPIO Q NOS VIVEMOS

 

Atualizado em 06.07.2015

Maria Lúcia Meira Castro Aguiar
lia.meira1@gmail.com

Voltei no tempo com esta homenagem feita a Seu Zé Bravo. Pra mim ele era um herói, pois nas noites de S. João ele pisava, descalço, nas brasas da fogueira. Eu ficava encantada com aquilo. E me perguntava: como pode ele não se queimar? Ele brincava muito com as crianças da rua de trás, que era onde morávamos.

 
Antonio Pereira
pereirasilva56@uol.com.br

Merecidíssima a homenagem "in memoriam" a Zé Brabo. Como "barrinhense", que na infância morou próximo ao Riacho Danta, muitas vezes pude presenciar o jeito atirado com que aquele irreverente e divertido homem resolvia certas situações do cotidiano. A justa memoração a essa figura popular de nossa terra, trouxe-me recordações de outros tantos livramentenses que já não estão mais entre nós, cujas lembranças, por uma razão ou por outra eternizaram-se em minha mente, deixando perenes saudades.

Atualizado em 04.07.2015

Paulo Marques de Oliveira
paulomoliv@hotmail.com

Bem lembrado, merecidamente lembrado, belas lembranças do nosso grande conterrâneo "Zé Brabo". Foi ele um personagem da nossa história que não podemos deixar ser esquecido com o tempo.
Quando criança achava ele uma pessoa folclórica que às vezes me assustava, às vezes me divertia com aquele seu jeitão agradavelmente irreverente, alegre e brincalhão.
Garanto que ele, nessas alturas, já procurou por todo mundo de Livramento lá no céu e com certeza, deve está fazendo a festa dos Santos e até descontraindo Deus com aquelas suas brincadeiras, eternizadas aqui em nossas lembranças.

Atualizado em 03.07.2015

AILTON HIPOLITO
ailtonhipolito@hotmail.com

BELA HOMENAGEM AO NOSSO AMIGO GUERREIRO "ZÉ BRAVO", TIVE A FELICIDADE DE COMPARTILHAR COM O MESMO NOS FESTEJOS DE SÃO GONÇALO, MESMO JÁ COM A IDADE UM POUCO AVANÇADA IAMOS A PÉ E AO CHEGAR NA COLINA SAGRADA ELE DAVA TRÊS VOLTA A IGREJA COM UMA VELA ACESSA E FAZIA NÓS ACOMPANHA-LO A SUBIR NO CRUZEIRO. DEVOTO DE SÃO GONÇALO NÃO ESQUEÇE  DO AMIGO "ZÉ BRAVO" QUE ACREDITO QUE EM TODAS A COMEMORAÇÕES ELE ESTÁ COMPARTILHANDO COM NÓS. ATÉ BREVE COMPANHEIRO!

 

Gracinha Gomes Bastos
gallgbastos@gmail.com

Marinho, fiquei muito emocionada ao ler a reportagem sobre o centenário de Zé Bravo. O relato sobre as injeções mostra o quanto era solidário e amigo. Grata pelo seu testemunho coerente com a realidade de um perfil que todos nós conhecemos. Abraços, Gracinha.

Maria do Céu Gomes
maricotadoceu@bol.com.br

Caro Raimundo, a nossa família agradece imensamente o seu trabalho  relative à publicação do centenário do nosso estimado pai. Seremos sempre gratos. Valeu amigo, um forte abraço.
Maria do Céu Gomes de Oliveira e familia.

 

Atualizado em 23.06.2015

Antonio Carlos Ribeiro
antoniocarlos.ancarri@yahoo.com.br

O artigo assinado pelo psicólogo Zeferino Lima é o mais lúcido pensamento já escrito ou falado sobre a atual situação política de nossa cidade. Vou mais além, é desconhecido em toda terra um município tão azarado nas escolhas de seus alcaides, basta dar uma olhada nas cidades do mesmo porte de Livramento e veremos como estamos para trás. Graças ao Deus Pai bondoso e misericordioso, nos compensou com uma natureza espetacular e uma gama de empresários competentíssimos e calcificados pela dedicação de colaboradores ao nível de grandes corporações. Antonio Carlos Ribeiro (Tonhão da Brahma)

Atualizado em 28.05.2015

Jailson Lima
jailsonjlima@ig.com.br

Em relação à reportagem : Punição – 26.05.2015 TCM acata denúncia e manda Dr. Paulo devolver R$911 mil, a multa imposta deveria também ser aplicada aos Vereadores, foram eles que ratificaram as contas.

 

Jayr Scorpions
jayrscorpions@hotmail.com

Alerta!!!! Senhor Prefeito, as faixas de pedestres estão apagadas e dificulta muito a visualização do pessoal. Já está difícil alguns pedestres informarem,  imagina com elas quase apagadas. Educar pedestres, faz parte,  agora condutores tem também que ter o direito de reclamar sobre o que é preciso.

 

Atualizado em 02.05.2015

JOSÉ MARIA DE JESUS
jmpedagogo@bol.com.br
 

JORNALISTA RAIMUNDO MARINHO, tenho lido sua luta em tentar estimular a comunidade e ao poder público a ação em relação a muitas coisas que acontecem em nossa cidade, mas nada tem sido feito.

O que se vê é a comunidade inerte e assistindo tudo de camarote. Uma das advertências que fizeste foi a respeito da invasão de canos na nascente do rio taquari.

Os moradores daquela região reclamaram, acharam ruins, mas ninguém fez nada para evitar, prova disso é  a falta d’água nos regos que ali existiam desde em que o mundo existe e hoje estão secos.

Cadê a ANA, a secretária do meio ambiente, a consciência dos empresários que só pensam neles mesmos sem se importar com quem já estava ali antes deles e usavam aquela água para sobrevivência.

Quando mostramos o que precisa ser feito para a comunidade, acham que estamos falando mal dos governantes. Não falamos mal, estamos apenas mostrando o que eles não querem ver e se vêem fingem que não existem tais problemas.

É uma pena ignorarem o que é denunciado pela mídia, por que quem mais sofre é a classe mais fraca. Quem tem dinheiro só se preocupa em ganhar mais, nunca vai dividir o seu com os necessitados.

Mas, mesmo assim, enquanto há vida e capacidade de indignar-se estaremos sempre alertando sobre a incapacidade do ser humano em suprir as necessidades humanas.

Devemos esperar só em DEUS?

Há muitos recursos para obras públicas. Mas pouco é feito. Recentemente o fantástico apresentou reportagens sobre o abuso e o mau uso do dinheiro público em muitas cidades, mas acredito que em nossa cidade isso não tem acontecido. E se as obras não são feitas ou concluídas deve ser por falta de dinheiro.

Mas se não for é preciso que cada um, que foi eleito pelo povo, cumpra o que prometeu quando pediu o voto a eles. Defenda o povo humilde e não os empresários, porque as eleições estão chegando.

Será que mentirão novamente?

 

Atualizado em 01.04.2015

Nome: Antonio Pereira
E-mail: pereirasilva56@uol.com.br

Num lugar onde a crueldade contra animais é algo tristemente rotineiro e em que a vida de inocentes e sofridos cães e gatos é dizimada pela crueldade de pessoas sem coração (sem falar nos maus- tratos submetidos aos cavalos, por montadores bêbados e insensatos),louvo, parabenizo e agradeço a esse funcionário do serviço de poda de árvores que, num abnegado gesto de amor à vida, preocupou-se em preservar o direito de viver desses pequenos seres, não cortando o galho da árvore que abriga o ninho onde se encontram esses bichinhos que, graças a generosidade dessa pessoa de alma boa, muito em breve estarão aptos para dar seu primeiro voo.

 

Atualizado em 17.02.2015

Hélio  Gottschall   Abreu
heliogabreu@gmail.com

Caro  Jornalista  Dr. Raimundo  Marinho,
                                                  
Lendo o nosso  Mandacaru, tive a triste noticia  do   falecimento  da     nossa  muito  querida  Profa.  RITA, a quem  tive  também a honra  de  ser  seu  aluno no  velho  Colégio  João Vilas Boas.  Sem desmerecer  o mérito  das  demais, ela  era  considerada  pelo  alunado a mais querida, a mais dócil, a mais meiga e a  mais amiga  de todos.  Rendo  as minhas  homenagens à sua memória. Peço-lhe que transmita a minha  condolência aos seus familiares.    

                                                                                  

Pedro Souza
ssap40@hotmail.com

Todo o poema de Roberto Carlos descrito por Zeferino e a real situação de Livramento. Quem perde é o povo. Só que o povo dorme, não acorda. Ainda vamos viver muito isso.

 

Atualizado em 13.02.2015

Zeferino Neto
zifaneto@gmail.com

Em nome da cortesia

Escrevo para o blog o Mandacaru da Serra desde a época de estudante de psicologia em Maceió – AL, aliás, gostaria de agradecer a Raimundo Marinho por ceder espaço no seu blog sempre de maneira gentil e democrática.

No entanto, me sinto em falta com alguns leitores por nunca ter me apresentado corretamente. Bom, meu nome é Zeferino de Paula Lima Neto, filho de Osmar Silva da Conceição, conhecido popularmente como professor Osmar, Mazim de Nanam ou Osmar da venda. Sou filho também de Regina Cambuí Lima Conceição, ambos professores e concursados. Sou Irmão de Sérgio Lima Conceição, Historiador e bacharel em direito. Professor de história, concursado em Maceió e mestrando em História. Sou irmão de Karlene e Karleide, ambas professoras e concursadas, sendo que a primeira mora em Guanambi a 20 anos ou mais.

Quando me formei, voltei pra Livramento não atrás da promessa de plantar um pé de manga e ficar rico, pois tive o prazer de sair da faculdade de psicologia com emprego garantido e reconhecimento de todos, do faxineiro ao reitor da faculdade. Voltei porque sou de Livramento filho de Osmar e de Regina que me ensinaram a ficar sempre do lado do miserável e lutar, de maneira diplomática ou não. Vale ressaltar que tenho 34 anos, sou casado, não uso camisa de The Guevara desde a adolescência, não posto no facebook coisas do tipo: “tudo possa naquele que me fortalece”. Não como alface e nem ando de bicicleta para não poluir o ar. Não fico Tentando projetar a qualquer custo uma imagem de espiritualizado, até porque eu estou longe do ideal proposto por Cristo.

Quando resolvi voltar pra Livramento trabalhei 5 meses na administração do Prefeito Carlos Batista que já estava no final e, só consegui trabalhar, por uma questão talvez de conveniência. A unidade que eu Trabalhava o CREAS, coordenada por uma assistente social que não era de Livramento, a senhora Nivea Barros, queria dessa vez um homem para trabalhar na unidade, pois acreditava que talvez no futuro precisaria de alguém que soubesse usar a força física quando necessária (pois temia, em virtude de 2 ou três ameaças, que esse dia pudesse chegar). Bom, o único psicólogo homem da cidade e um dos poucos da região sou eu. Foi mais ou menos assim: “não tem tu vai tu mesmo”. Contudo, acho pertinente salientar, que nesses 5 meses de trabalho eu nunca ganhei nenhum tipo de auxilio (gasolina, viagem, hospedagem ou alguma coisa do gênero). A propósito, só por título de curiosidade, eu era o psicólogo que ganhava menos na cidade e tive meu salário nesses 5 meses atrasado.

Quanto a minha família, acho que tudo que eu relatei sobre eles faz cair por terra qualquer menção de clientelismo.

Mas, a pergunta que não quer calar, onde eu pretendo chegar com esses textos?
Apesar de não ter religião e, acompanhar a minha esposa todos os domingos na missa, acredito muito em Jesus Cristo, e pude, através da Psicanalise-Marxista concebe-lo de maneira muita mais valiosa do que o aprendido. Quando digo que acredito é porque acredito mesmo, ao ponto de ser confundido na rua com um esquizofrênico, pois adoro conversar com ele em voz alta. E esse meu Cristo é o Cristo que me empurra para “combater o bom combate”, para ensinar o povo, através da psicologia, transformar culpa em responsabilidade, resgatar a autoestima e o livre arbitro político. Seria um grandessíssimo idiota se tentasse monopolizar o conhecimento que me foi passado.

Segundo Olavo de Carvalho qualquer um que tente ir além de suas capacidades físicas, cognitivas, sociais, pode ter essa ação considerada como uma personalidade patológica. Eu como psicólogo, me vejo incumbido da missão de apontar esse traço de personalidade nos pseudo lideres dessa terra. E mostrar suas táticas que são invisíveis a olho nu. Como é o caso da transmutação de direitos em favor.

Fiz 4 anos de terapia não apenas por obrigação (pois o curso exige que o futuro psicólogo passe por um processo psicoterápico) mas para trabalhar meu ego, meu lado Narcisista, minhas reais necessidades por trás das ações. E com isso pude visitar algumas vezes o meu inconsciente e ficar Tête-à-tête com o meu altruísmo, minha empatia, meu lado mamífero.

E é por essas e outras que peço encarecidamente aos três doutores, Emerson, Paulo e Carlos que primeiramente visitem o Divã, garanto que vai fazer bem. E em segundo, deixe a população caminhar para o amadurecimento, não aproveitem da criança interna que existe em nós vendo em vocês o nosso substituto paterno, chegando ao pecado da idolatria.

Queria dizer, e sei que corro o risco de ser considerado demagogo, que nessa história toda fico do lado do povo sem segundas intenções financeiras, pois a minha autoestima profissional vem batendo no teto. Até hoje não conheci o que é ficar desempregado, graças ao bom Deus. Onde trabalho, trabalho porque eu trago lucro, agrego valor.

Para finalizar, gostaria de dizer que a minha regra principal quando escrevo é no máximo me orientar nas outras regras, e não segui-las como escravo de rebanho. Escrevo porque é minha obrigação enquanto descendente direto de Jesus.

O que pretendo atiçar com os meus textos é a vontade de mudança, a mesma que tento ajudar os meus pacientes chegarem.

 

Atualizado em 11.02.2015

Jocely Xavier Araújo
jxa@tpa.com.br

Sobre a materia [deste site] (…) Aposentados também são
extorquidos em Livramento”
[28.01.2015] (…), sugiro ao interessado levar ao conhecimento da OAB-BA o fato concreto. Aqui em SC, tem dado bons resultados, e rápido.

De outra, nas Comarcas onde não existe Vara Federal, as ações de pedido de aposentadoria podem ser proposta no Juízo Comum.

Conheci, há muitos anos, em Boninal - Ba (onde nasci), o Sr. João Meira - Oficial do Registro Civil (cidadão que servia de espelho para a comunidade), que tinha dois filhos que, soube, mudaram-se para Livramento, salvo melhor juízo, devem ser parentes dos Meira, homenageados pelo MANDACARU DA SERRA,

 

Yonélio Sayd
yoneliosayd@hotmail.com

Quando a opinião dos outros tem que ser a minha

Seria tão bom, e oportuno, aproveitar o conhecimento, ou o dom que cada indivíduo tem com a intimidade da escrita para opinar sobre coisas com um objetivo único de contribuir para que a mensagem do texto seja inteiramente compreendida e praticada por quem se interesse em ler e absorvê-la. Seria justa a postura do tom crítico desde que se faça para colaborar, para provocar a reflexão, sem os alcaguetes dos interesses permissivos, sejam quais.

Seria tão bom que se escrevessem coisas para ajudar a construir um conceito, formar uma opinião e a ação coletiva, o que poderia culminar em práticas de resultados.

Sabe-se que Livramento ainda não vive o modelo exemplar de uma gestão administrativa municipal. Nenhum outro município vive. Todos têm sua peculiaridade, positiva ou negativa, conforme a “forma do poder local”, a identidade eleitoral da própria população da municipalidade.

Existe por trás de cada vestimenta da sociedade um corpo, esteticamente bonito ou feio, gordo ou magro, negro ou branco. Isto significa que cada elemento tem sua individualidade corporal, mental, formando-se daí os conceitos éticos ou antiéticos; ou seja, o comportamento de cada um na convivência de grupos e suas regras.

Pois bem. Livramento de Nossa Senhora é um belo município. Tem solo rico em vegetal, mineral, tem diversidade de cultivos agrícolas, apesar de torrão seco do semi-árido. Tem clima ameno e recursos hídricos satisfatórios; localiza-se comodamente em uma região geográfica que concentra malhas rodoviárias produtivas, por isso, com potencial para cidade-pólo de desenvolvimento regional.

Mas Livramento não tem correspondido às suas próprias expectativas. Vive refém do seu modelo político e administrativo, arcaico, social-clientelista, com vícios coronelistas jurássicos, iguais interesses pessoais eleitoreiros, iguais mentes individualistas de sua população.

De tudo isso resulta a patética guerra política de grupos, uns em defesa de seus interesses, outros egressos do inconformismo com a derrota nas urnas e o pesadelo da perda das benesses. Isto pode ser muito bem observado nas redes sociais, nos comentários postados em blogs e sites, onde cada leitor/internauta envia sua mensagem conforme sua visão meramente pessoal, meramente política.

Criticar por criticar já não é certo, imagine postar opiniões por despeitas políticas ou por queixas de perdas de interesses pessoais?
Quase sempre a gente se debate e se depara com o massacre das opiniões nesse sentido.

Seria bom se todas as regras fossem sem exceções. Seria?
Não seria. Nem tudo que é legal é moral. E nem tudo que é imoral é ilegal.

 

Hipolito Peixinho da Silva
h.peixinho@uol.com.br

Pois é, trabalhei e morei em Livramento por algum tempo e gosto muito de ler as noticias da cidade, estou sempre ligado ao Mandacaru da Serra.
Me lembro que naquela ocasião existia um ótimo violonista chamado Joaquim de Eunápio, tocava muito bem, não tenho noticias dele.

 

Zeferino de Paula Lima Neto
zifaneto@gmail.com

Sátira: Roberto canta Livramento

O mais novo CD do rei Roberto Carlos. Vejam abaixo as letras que vem embalando o atual contexto político de Livramento de Nossa Senhora.

EU TE DAREI O CÉU: “Eu te darei o céu meu bem e o meu amor também.” (Antes da política)

VOCÊ DEIXOU ALGUÉM A ESPERAR: “Você deixou alguém a esperar, você deixou alguém na solidão.” (Fui e não encontrei ninguém)

DE QUE VALE TUDO ISSO: “De que vale tudo isso se você não está aqui, de que vale tudo isso se você não está aqui.” (A prefeitura)

OUTRA VEZ: “...Você foi a maldade que só me fez bem. Você foi o melhor dos meus planos e o pior dos enganos que eu pude fazer.” (entrar na política)

DETALHES: “Não adianta nem tentar me esquecer, durante muito tempo em sua vida eu vou viver” (o Ministério Público na cola)

ESQUEÇA: “Esqueça se ele não te ama, esqueça se ele não te quer” (conselho para o povo de Livramento sobre o executivo e legislativo)

A DISTÂNCIA: “...Nunca mais você ouviu falar de mim. Mas eu continuei a ter você. E toda esta saudade que ficou. Tanto tempo já passou e eu não te esqueci” (o grande pássaro verde sentindo saudades da prefeitura).

AMOR SEM LIMITES: “Vivo por ela, ninguém dúvida. Porque ela é tudo, na minha vida.” (Os três doutores se declarando para a prefeitura)

ONDE ANDA O MEU AMOR: “Por que estou meu Deus sofrendo assim demais? Morrerei de tanto esperar. Onde anda o meu grande amor que não vejo mais.” (É, pelo jeito sumiu mesmo)

ESCREVA UMA CARTA MEU AMOR: “Escreva uma carta meu amor, e diga alguma coisa por favor.” (Pode ser também um e-mail, whatsApp, sinal de fumaça. Contanto que apareça)

QUEREM ACABAR COMIGO: “Querem acabar comigo, nem eu mesmo sei porque.” (Dissimulado!!!)

SENTADO A BEIRA DO CAMINHO: “Eu não posso mais ficar aqui a esperar! Que um dia de repente você volte para mim....
Preciso acabar logo com isso. Preciso lembrar que eu existo, que eu existo, que eu existo...” (quando o povo conseguir acordar e resgatar a autoestima política)

OBS: Esse já é o terceiro CD que Roberto grava em Livramento. O primeiro foi Duetos: do rei Roberto para o rei dos periquitos. E o segundo foi também um dueto: O rei Roberto e o Rei da simpatia conveniente.

(*) Zeferino de Paula Lima Neto é psicólogo e livramentense de coração.

 

João Marques Rodrigues
joao_marques123@hotmail.com

NO GALPAO DA KATOPE ESTA GUARDANDO VARIAS CADEIRAS, MESAS ESCOLARES NOVAS EM FOLHAS SEM A DISTRIBUIÇÃO NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL FAÇA UMA REPORTAGEM DAS CADEIRAS E MESAS AI O SENHOR RAIMUNDO MARINHO.

 

Atualizado em 03.02.2015

Ailton Hipólito
ailtonhipolito@hotmail.com

NOBRE JORNALISTA, É PENA QUE SÓ AS AUTORIDADES NÃO VER ESTE PREDIO "CASEB" SER DESTRUIDO, NO GOVERNO PASSADO TIVE A AUDÁCIA EM DAR UM PALPITE ONDE CITEI QUE ALI PODERIA INSTALAR A 46ª CIA/PM, PELO ESPAÇO E LOCALIZAÇÃO, FUI INFELIZ, COM O NOVO PENSEI QUE SERIA OUVIDO PELO FATO DE COMENTAR COM ALGUNS VEREADORES QUE SE DIZ NOS REPRESENTAR, ATÉ O MOMENTO FOI PIOR E ASSIM VAMOS QUE VAMOS ACABANDO COM TUDO QUE AINDA NOS RESTA. POBRE LIVRAMENTO, ASSIM DIZIA UM Sr. 40 ANOS ATRAS.

 

Antônio Fernando Aguiar Assis
antonioflivramento@hotmail.com

Por isso que lhe admiro, pois você faz sempre comentários oportunos, mostrando-se ligado em tudo. É realmente difícil de acreditar que o produtor rural que põe comida na mesa dos brasileiros e contribui muitíssimo para o equilíbrio da Balança Comercial é tratado com tanto descaso. Parabéns amigo por tudo que você escreve.

 

Jorge Silva
jorgesilva@superig.com.br.

Marinho, eu vi isso, o armazém da CASEB caindo, um absurdo. Ai eu lhe digo: Carlão solicitou esse armazém para colocar os carros da prefeitura e o Sr. Emerson Leal travou, alegando que seria útil para EBDA. Carlão transferiu a feira de gado para o matadouro, que foi embargado e fez uma excelente garagem. Ai, entra ele o bestinha, Sr.  Paulinho, faz um PSF que não vai inaugurar, na garagem, compra o prédio da Catopé, aluga para prefeitura por R$15.000.00 e o prédio da Caseb caindo.  Viva Livramento!  Salve  São  Gonçalo!

 

 

Atualizado em 29.01.2015

Jadher Assunção
(e-mail omitido a pedido)

Por ser de Justiça, que seja publicado o trecho a seguir em minha defesa.

(...)
Por fim, afasto a acusação de ter me colocado na defesa de Wagner (PT), pois minha exclusiva intenção era de esclarecer aspectos técnicos de como ocorreu a concessão de aposentadorias aos ex-governadores do Estado da Bahia, apresentando o rito diferenciado de aprovação e promulgação de Emenda Constitucional em relação às outras espécies de lei. Não me interessa saber se houve ou não influência política do ex-governador Wagner em aprovar a Emenda Constitucional na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. Interessa, sim, saber se as aposentadorias serão questionadas no Poder Judiciário e, em caso afirmativo, como decidirão a questão vexatória uma vez que todo mundo diz o que é de "interesse público", mas quase ninguém sabe o que isso significa.
(...)

 

Marcos Santos
marcos2057@hotmail.com
 

Caro jornalista Raimundo Marinho

Saudações,

Referente ao texto: "Aposentados também são extorquidos em Livramento", quero parabenizar pela brilhante reportagem, COM RESSALVA, faltou divulgar o nome do comparsa livramentense do advogado golpista. Bom, pelo que eu saiba, o blog Mandacaru da Serra não carrega consigo nenhuma propaganda ou parceiro comercial em sua página, então não há razão para omitir o nome do jurista denunciado. Como é de conhecimento de que este blog segue rigorosamente as técnicas jornalísticas, até por ser mantido por um profissional graduado na área, fica essa interrogação???? No mais, um forte abraço.

 

Estimado Marcos!

Entendi sua provocação, contida  na “RESSALVA”, em caixa alta, ainda que não o reconheça isento para fazê-la. Apenas respeitei condição inicial da fonte, enquanto reuno mais informações, como, por exemplo, ouvir o advogado, para nova matéria. (Não violei qualquer princípio do Jornalismo). Bem diferente da submissão a objetivos meramente comerciais. Mas, sendo de seu particular interesse, posso lhe fornecer, pessoalmente, os nomes e dados do processo.

Grande abraço,
RAIMUNDO MARINHO

 

João Marques Rodrigues
joao_marques123@hotmail.com
 

MATERIA DO DNOCS DO PROJETO PARA LIMPEZA DO CANAL IRRIGADO MAIS DE R$ 180.000,00 MIL REAIS PARA O PROJETO EXTRATO DE CONTRATO Nº 3/2015 - UASG 193009.
Nº Processo: 59404000273201468. TOMADA DE PREÇOS Nº 2/2014. Contratante: DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS -CONTRA AS SECAS. CNPJ Contratado: 12472426000127. Contratado : SIMOES & SENA ENGENHARIA E -SOLUCOES EM SUSTENTABILIDADE. Objeto: Contratação de empresa de consultoria para elaboração do projeto executivo de recuperação e reabilitação do canal principal do Perímetro Irrigado Brumado, localizado no Município de Livramento de Nossa Senhora, no estado da Bahia. Fundamento Legal: Lei 8666/93 . Vigência: 26/01/2015 a 11/05/2015. Valor Total: R$181.039,00. Fonte: 100000000 - 2014NE800286 Fonte: 250017205 - 2014NE800287. Data de Assinatura: 19/01/2015.(SICON - 23/01/2015) 193009-11203-2015NE800179.

 

Atualizado em 24.01.2015

Josael Brito silva
josael2012@hotmail.com

Caro raimundo marinho, referindo se ao comentário descrito abaixo, em relação a ''UPA'' dizendo não ainda estar pronta, pois ela esta sim em andamento , e já em fase de acabamento , pode-se ver que o prazo de entrega é em março deste ano, por tanto ainda não passou da hora dela ser entregue a população, infelizmente esse jeito nativo de critica as coisas, pelo jeito só anda pelo lado politiqueiro! abraço

 
Fernanda Paiva Luz Meira
luikumon@ig.com.br

QUERO APENAS LEMBRAR A TODA A FAMÍLIA QUE TAMBÉM FAÇO PARTE DESSA FAMÍLIA. Sou reconhecida judicialmente filha de Keyber Luís Meira Macedo. Sendo assim, o meu pai biológico. Mesmo não tendo contato direto com o mesmo. Fico feliz pela homenagem ao meu avô, se ainda vivo teria orgulho de ter uma neta que cresceu sabendo o grande homem que aqui ele foi e é para os seus. Parabéns!!! Gostaria muito de ter um livro onde terei conhecimento das minhas origens. Quando ainda bebê, fiquei internada no hospital de Livramento e a única vista feita foi de um tio, Franklin George Meira, que não está mais aqui entre nós ... Mas, conta minha mãe que ele ficou preocupado com minha saúde e que viria mais vezes fazer visita. Logo fiquei bem e minha mãe e eu fomos para Vitória da Conquista-Ba em busca de melhoras. Ela conta que foi triste sua nota de falecimento. Conta a minha mãe, que o mesmo disse que sempre iria cuidar da minha pessoa. Pois o mesmo sabe a falta que um pai é na vida de um filho. Sendo que o mesmo foi vítima de tal situação. A toda família, parabenizo pela homenagem feita.

 

Joao Marques Rodrigues
joao_marques123@hotmail.com

PREFEITURA VAI LEILOAR VEICULOS SEM A DEVIDA LEI APROVADA PELA CAMARA MUNICIPAL PARA ALIENAÇÃO DE BENS FAÇA UMA MATERIA AI SENHOR RAIMUNDO MARINHO:

Torna público que no dia 10 de Fevereiro de 2015 às 14h, na garagem da Prefeitura, realizará um Grande Leilão de bens inservíveis ao uso desta Prefeitura, conf. Processo de nº 394/2015 e Edital 01/2015, através do Leiloeiro Púb. Oficial, Clauberto Fernandes Nascimento Júnior, JUCEB 14/047386-6, com agência de Leilões em condomínio petromar, s/n°, via B, Quadra 846, Casa B02, Stella Maris - Salvador - Bahia, CEP 41.600-210. DOS MATERIAIS: VEICULOS, MÁQUINAS E SUCATAS. DAS CONDIÇÕES: 1°) O Leilão está amparado pela Lei Fed 8.666/93 e pelo Art. 335 do CPB, 2°) O Licitante é responsável pelo pagamento do ICMS e da Comissão do Leiloeiro. Chassis dos veículos: 9BWAA05W09T005845, 9BM345050H3776052, BC653PXC15045, 9BWMF07X5AP000867, 9BWGB07X93P014508, 8AFDR12A2BJ447521, 9BG753NXLKC005760, BC683PXC09147, 936231BZ251024296, 9BFXTNAF44BB30677, 9BWCA05X75T174157, 9BWCA05Y31P052410, 9C2JC30101R157415, 9C2JC30101R156899, DE000C21004, L3572656, 9BWZZZ23ZDP009237, 9BWEB05X83P0004174, 9BWEB05W96P089439, 9BWCA05Y74T087544, 9BM384098KB836022, BC1144NG101963, 9BFXTNAF24BB30676; Maiores Informações: (71)9111-4533 /(71)9996-0808, Clauberto Fernandes Nascimento Júnior, Leiloeiro Oficial do Estado da Bahia.

 

Atualizado em 22.01.2015

Tarcísio Neves
tarcisio_sn@msn.com

Olá, Boa tarde. Quero parabenizar o site mandacaru pelas ótimas matérias que são publicadas, pois é de grande interesse da população livramentense. Infelizmente, nem todos se atentam e buscam conhecer melhor dos problemas que insistem em permanecer em nosso município. Pegando o gancho, gostaria de indicar uma nova matéria a respeito da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que até hoje não está pronta para o uso de nossos carentes moradores. Fico extremamente indignado com toda essa situação, mesmo não morando aí. Mas percebo a grande dificuldade relacionado a saúde das pessoas que aí residem. Desde já, muito obrigado.

 

Yonélio Almeida Sayd
yoneliosayd@hotmail.com

Caro Raimundo Marinho.

Sei e concordo, de modo pleno, que a liberdade de expressão deve ser exercida com todo o denodo de seu significado e objetivo. Até quando a “expressão” é utilizada de maneira equivocada ou distorcida, e mesmo na forma de cataclisma do ódio; mas o mínimo que se espera de quem queira utilizá-la, faça-a despojado da ira pessoal ou do escárnio do desajuste psicológico.

Comento aqui a respeito pelo fato da leitora/internauta Rosângela Alves ter escrito um comentário muito deselegante e com forte apelo de descontrole emocional a respeito do vereador Paulo Lessa, camuflando-o de crítica à gestão municipal e ao poder legislativo, na seção de e-mails de Mandacaru da Serra, com data de publicação de atualização em 15.01.2015.

A nota do e-mail é descabida e desinformada. A população de Lagoa Nova acompanha Paulo Lessa havia anos em sua carreira no legislativo livramentense, construindo entre o vereador e a comunidade um elo de respeito, conceito e reciprocidade em que também nesta localidade está uma ou talvez a sua principal base de sustentação eleitoral em todos os cinco mandatos na câmara municipal.

E o despautério foi tamanho que a missivista chegou ao absurdo de promover o ilustre vereador à função de prefeito (...) “Por outro lado, cortou serviço essencial como limpeza e manutenção do cemitério, tratamento de água, etc.”. A função do vereador é legislativa, não executiva, conforme o que diz a Constituição Brasileira (...) “criar leis que atendam os anseios da sociedade; realizar a fiscalização financeira e da execução orçamentária, mantendo o controle externo do Poder Executivo Municipal, bem como, realizar o julgamento das contas apresentadas pelo Prefeito, e, ainda, praticar atos de administração interna.”

 Repito, devemos exaltar a importância da liberdade de expressão, pois a democracia é lustrada no pilar da livre manifestação do direito de exposição de ideias, pensamento, fala, todavia, não desvirtuar de seu significado.

É lamentável que pessoas (não se sabe se reais ou meros fakes) manifestem opinião na internet com mero objetivo de despejar frustrações, ira ou rancores contra quem quer que seja.

Ainda mais utilizando-se de um veículo de respeito e de conceito crítico e opinativo como é o Mandacaru da Serra.

Saudações Democráticas

Yonélio Sayd

Leitor

Nota do Editor:

Ressalvamos que a opinião dos leitores, externada neste espaço, não corresponde, necessariamente, à opinião do site. Registramos, também, que o vereador citado não se manifestou sobre a missiva em comento, não se constituindo, porém, óbice ao acolhimento do rebate acima.

 

Atualizado em 17.01.2015

Samuel Cândido de Oliveira Castro
castro.genealogia@bol.com.br

Quero deixar registrado os meus PARABÉNS às irmãs Maria Aparecida, Maria Teresinha e Maria Edir, pela belíssima iniciativa da publicação do livro póstumo escrito pelo vosso querido pai Sr. Rodrigo Alves Meira (Sr. Tatinha). Cujo autor, procurou resgatar importantíssimos dados históricos de Livramento de Nossa Senhora, BA, e demonstrar a origem da cidade e das famílias correlatas ligadas à distinta família Meira, inclusive relatando a saga familiar na região sudoeste da Bahia, a exemplo da fundação da cidade de Bom Jesus dos Meiras, atual Brumado, BA. O Sr. Tatinha também deixou registrado a genealogia da família, que, depois de atualizada e enriquecida de novos elementos pelas três irmãs, também foi muitíssima bem retratada nesta brilhante obra. Estendo os PARABÉNS à todos os demais familiares, aos quais deixo o meu carinhoso abraço. Deixo também os meus agradecimentos e meus PARABÉNS ao Raimundo Marinho, pelos 10 anos de publicação deste magnífico Mandacaru da Serra. Forte abraço.

 

Atualizado em 17.01.2015

Júlio César Caires Leal
juliocesarcairesleal@gmail.com

Olá, Mandacaru da Serra! Gostaria de parabenizar as irmãs Meira pelo lançamento do livro de memórias de seu pai e agradecê-las por tão valiosa contribuição para a preservação da nossa memória e da nossa identidade. Espero que outras iniciativas como esta venham a se concretizar e que a memória da nossa cidade jamais seja esquecida. Há ainda muito a se contar sobre nossa Livramento. Abraços!

 

Rosangela Alves
rosangela.andre@ig.com.br

Senhor Jornalista,

Para complementar sua excelente visão da má gestão pública em Livramento, acrescente-se, também, os vereadores que não estão nem ai. O pior deles tem sido o vereador Paulo Lessa. Basta ir lá onde ele atua, como em Lagoa Nova e região, para constatar. Ele colaborou bastante para inchar a máquina com empreguismo em retribuição a eleitores. Empregos fantasmas em fscolas e postos de saúde de nenhuma serventia para a população. Por outro lado, cortou serviço essencial como limpeza e manutenção do cemitério, tratamento de água, etc. Constata-se no hospital da cidade vasto número de gente com infecção intestinal, causada pela água consumida do canal do projeto e sem tratamento. Pode ser visto a olho nu os excrementos que vem dos esgotos na água que chega até as casas para consumo humano. Ainda assim, é considerado pela população local um ídolo, porque na hora da doença conta com ele para dar um "jeitinho nas filas dos hospitais da região", ou uma ajudinha no valor de exames particulares, com auxílio das aves de rapina da política.

 

Jadher Assunção
(e-mail omitido, a pedido)

Caro Raimundo Marinho,

Faço uma breve passagem por este veículo de comunicação para contestar as informações contidas na reportagem do dia 13 jan. 2015, fazendo registro das correções técnicas que o tema suscita.

Primeiramente, a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia aprovou e promulgou uma Emenda à Constituição para garantir aposentadoria, veículo oficial e seguranças aos ex-governadores do Estado da Bahia. Essa Emenda Constitucional é promulgada pelo órgão do Poder Legislativo, não podendo se falar em sanção pelo Governador. Logo, não é correto responsabilizar o último Governador pelo benefício posto que, por disposição constitucional, o titular do Poder Executivo não participa da votação e promulgação de Propostas de Emenda à Constituição.

Não se trata de novidade na história brasileira a concessão deste tipo de benefício. Em meados da década de 1990, o então Presidente Collor sancionou uma lei - neste caso, por não ser Emenda à Constituição, o Presidente da República participa da elaboração de leis - concedendo aos ex-presidente o direito a dois carros oficiais e escolta armada a ser feita pela Polícia Federal. O argumento que sustenta a conveniência e necessidade da referida lei é no sentido de que a pessoa que ocupou a Presidência da República passou a integrar a história política brasileira e, em razão dos atos e políticas de governo adotadas no exercício do mandato, riscos à vida do ex-presidente podem ser impostos por indivíduos que escolham as vias ilegais para demonstrar sua reprovação ao governo deste ou daquele gestor público. Haveria, portanto, interesse público em manter em segurança o ex-presidente por ter ocupado o cargo de maior relevância política do Brasil.

Atualmente, José Sarney, Fernando Collor de Mello - mesmo tendo os direitos políticos suspensos por oito anos -, Fernando Henrique Cardoso e Luís Inácio Lula da Silva fazem jus ao benefício legal concedido por lei federal.

Também, ressalte-se que não só integrantes do Poder Executivo possuem benefícios mesmo após terem desocupados os cargos. Todos os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), por exemplo, possuem passaporte diplomático para que não sejam submetidos à rigorosa fiscalização das alfândegas estrangeiras, passando na frente de diversos cidadãos comuns, ainda que a viagem seja de cunho eminentemente particular. Quando questionado a respeito, o STF afirmou que os Ministros aposentados continuam a representar o tribunal em palestras, conferências e seminários, surgindo, portanto, o interesse público de projetar a imagem do Poder Judiciário brasileiro através de concessão dos passaportes diplomáticos aos Ministros aposentados, eliminando as dificuldades para as viagens dos juristas a fim de que promovam a imagem do STF.

Provavelmente, "interesse público" poderá ser o argumento utilizado para manter o benefício concedido aos ex-governadores da Bahia e de outras unidades federais que aprovaram ou estão a caminho de criar as aposentadorias e outras providências. Desafiar a tese do "interesse público" será uma missão difícil a ser alcançada pelo Ministério Público em eventuais impugnações à concessão de tais benefícios.

Não adentro no mérito da legitimidade da concessão dos benefícios, tampouco se são pertinentes os fundamentos que estão sendo utilizados para a defesa de tais concessões. Afinal, a aprovação da Emenda à Constituição decorre de ato de deputados estaduais democraticamente eleitos pelo povo. Ou seja: o povo outorgou poderes para que seus representantes implementassem seus interesses. Mas cabe ao povo, também, retirar da condição de representante aquele que não estiver em consonância com a vontade popular.

A discussão é longa, e poucos proveitosos os resultados (que se restringem ao senso comum). Mas que a questão seja exposta detalhadamente, como também fique demonstrada de quem é a responsabilidade pelos atos dos deputados estaduais que concedem benefícios. O povo que reclama, insatisfeito, é o povo que elegeu os representantes de seus interesses no Poder Legislativo. Nada mais se pode fazer a não ser apontar a quem cabe suportar o ônus de eventuais escolhas malfeitas.

Agradeço pelo espaço. E que, de algum modo, esta contribuição promova a ideia do "voto responsável" nós cidadãos.

Imagens acessadas via internet

Prezado Jadher!

Concordo que a discussão tende a ser longa e inútil. Na Terra de Vera Cruz, os parlamentares representam e seguem a cartilha do imperador, travestido de prefeito, governador ou presidente.

Você argumenta como bom advogado de defesa, mas se perde na inocência de acreditar que o supremo comandante Jaques Wagner, na sua candura judaico-polonesa, com maioria absoluta na Assembleia Legislativa, não teria influido para aprovar a Lei Indecente.

Lembre-se, também, que a legitimidade não saneia a imoralidade ou sairíamos de mera oligocracia para a bandidocracia, que Pero Vaz de Caminha certamente descreveria como Império dos Bandidos.

E os eleitores vão às urnas, de indevassável a devassa, apenas para viver a glória abjeta de achar que retribuiu, com o voto, na sua mais baixa valia, as esmolas ou a paga recebidas do Zé Mané candidato a vereador, ou dos cabos eleitorais de luxo, comprometidos na concupiscência da captação ilícita de sufrágio.

Para se promover o “voto responsável” seria necessário a criação, urgente, do movimento politicamente irado. O que não seria fácil, pela conveniente subserviência de tantos inglourious basterds!

Saravá!

Raimundo Marinho

Editor

 

Kássius Clay Aguiar
softcellxxi@yahoo.com.br

Lendo ao texto "Eu não sou Charlie"", embora respeite  opinião do autor, o que não concordo é fazer justiça com as próprias mãos, como fizeram os assassinos/terroristas que mataram aqueles jornalistas/cartunistas, se algo ofender, em qualquer país civilizado, ainda mais a França, país que teve sua constituição como base para a maioria das Leis Máximas dos países que se dizem democráticos no mundo, temos a justiça, que é a principal arma de defesa de qualquer cidadão, desde o mais humilde ao presidente da república, este órgão em qualquer Estado de direito é a mais poderosa defensora da honra ou dos direitos, daqueles que se dizem ofendidos, ameaçados etc. Não posso aceitar que alguém queira me matar, ou matar meus filhos, se não concordar ou se sentir ofendido com o que eu acho, penso, falo, faço etc.

 

Miguel Fernando Aguiar Lima
nandoalianca@gmail.com

É CORRENTE NA CIDADE, A CHATEAÇÃO DA POPULAÇÃO, RELATIVO AS MULTAS DE TRANSITO EM NOSSA CIDADE, GOSTARIA DE SUGERIR UMA MATÉRIA SOBRE O ASSUNTO, ESCLARECENDO SE É LEGAL O POLICIAL MULTAR E NÃO DEIXAR POR ESCRITO, E NÃO PEDIR PARA ASSINAR A MULTA, E SE É VERDADE QUE OS POLICIAIS LEVAM VANTAGENS NAS MULTAS.

 

 

Atualizado em 14.01.2015

Everton Araujo (LIvramento Moto Estrada)
toninhoaraujo_2@hotmail.com

Caro Leonardo Brito, pergunto ao senhor a diferença entre motoqueiro e motociclista?

Acho que criticas construtivas sempre são bem vindas para que possamos fazer melhorias em qualquer atividade realizada em nossa vida. Sua critica foi um tanto quanto agressiva, creio eu que você não conhece nada sobre a cultura motociclística. Os Mamutes do Sertão estão realmente de parabéns, pois, fizeram uma maravilhosa festa , quem mais ganhou com essa belo evento foi nossa cidade tanto financeiramente quanto culturalmente. Mais respeito ao fazer criticas a nos motociclistas. Se o senhor quiser pode nos procurar para se informar sobre nossa cultura.

 

Atualizado em 12.01.2015

Jailson Lima
jailsonjlima@ig.com.br

Parabéns ,como um dos cofundadores via e-mails enviados, lembro e tenho arquivado o primeiro é um grande prazer fazer parte dessa história de transparência, ética com a verdade.

 

Mamutes do Sertão Moto Clube
jmdireito@gmail.com

Sr. Leonardo Brito, eu fico indignado é com suas palavras em dizer que temos cérebro de azeitonas, o que você não sabe com certeza é que realizar um evento desse numa cidade igual Livramento não é fácil, tinhamos autorização da 46 CIPM e alvará da prefeitura municipal para realizar o evento, os benefícios que trazemos para a cidade como, bares, restaurantes, pousadas, entre outros comércios cheios é mais do que seu pobre comentário ofensivo, nossa idéia é mostrar livramento para pessoas de toda Bahia e do Brasil, fomos bastante parabenizados e apenas uma crítica, é uma pena que não agrademos a todos, mas tenho certeza que agradamos mais do que perturbamos. desde já agradeço sua crítica.

"O termômetro do sucesso é apenas a inveja dos descontentes."

E estamos disposto a uma boa conversa e venha conhecer a nossa filosofia de ser um motociclista.

Um abraço.

 
Lia Meira
lia.meira1@gmail.com

Parabéns pelos 10 anos! Que venha muitos 10 anos! Continue nos informando, nos encantando!

 
Antônio Costa Aguiar
costaaguiar2011@hotmail.com

Dez anos informando com propriedade, esclarecendo com imparcialidade, divulgando o necessário, despertando curiosidades, provocando ações, reações e questionamentos. Assim que eu gosto, assim deve ser. PARABÉNS MANDACARU!

 

Leonardo Brito
leonardobrito1960@gmail.com

Gostaria de deixar o meu protesto e a minha indignação com a ação deste grupo de desordeiros motoqueiros, incluindo os seus idealizadores, pela ação desmiolada de perturbar a ordem pública durante todo o dia de sábado e a noite. Não podemos dormir por causa do barulho ensurdecedor que estes desocupados e com cérebro de azeitona estão provocando.

A polícia assiste inerte a tudo isso por incompetência ou omissão e nada é feito para ao menos coibir a ação destes cérebros de azeitona. Quanto maior o barulho, menor é a azeitona que regula seu pobre cérebro.

O direito de todos deve ser respeitado e hoje não estou vendo isso aqui na minha cidade.  É lamentável o que estes deseducados pelos seus pais e mães estão fazendo agora à noite.

Será que estes metidos a jovens curtidores fariam este mesmo barulho em frente à casa do juiz desta comarca ou na frente do comando da Polícia?

Fica o meu protesto.

 

Atualizado em 10.01.2015

Gerlando dos Santos Oliveira
gerlandoso@hotmail.com

O MANDACARU DA SERRA tem sido coerente com o nome. Penso que devia marcar mais presença no sertão e, como a árvore sertaneja, vivenciar sua realidade. Parabéns, pelos 10 anos de trabalho e credibilidade! Cuide dos seus espinhos! Se perdê-los será uma coisa qualquer.

Atualizado em 06.01.2015

Sinval Rodrigues Dias
sideneca@hotmail.com

Os meus Parabéns por este trabalho maravilhoso eu tenho certeza que pela seriedade do trabalho, pela qualidade das Notícias e pela as belíssimas Mensagens com certeza é um Trabalho Iluminado por DEUS e sem as Mensagens, e as Notícias do Mandacarudaserra Livramento seria incompleto.

 
Antônio Pereira
pereirasilva56@uol.com.br

Vou tentar ser breve em meus cumprimentos pelos dez anos de "O MANDACARU", pois se me deixasse levar pelos  ditames de minha mente e de meu coração, externando longamente aqui meus melhores e sinceros sentimentos sobre esse importante blog, poderia resvalar no que muitos dos que vierem a ler esta mensagem - que escrevo emocionado - pudessem entender como pieguice de minha parte. Parabéns Raimundo Marinho. Que Deus lhe dê vida com qualidade para que possa conduzir "O MANDACARU" a muitos outros decênios, sem jamais abdicar dos princípios que o norteia e das finalidades para as quais foi criado.

 

Andrey Oliveira
andrey.oliveira@secom.ba.gov.br

Saudações, Meu nome é Andrey, sou jornalista da Secretaria de Comunicação do Estado da Bahia. Estou entrando em contato pois estamos fazendo um mailing de blogs/sites das regiões da Bahia, para manter todos catalogados. Preciso de um e-mail de contato deste site, se puder enviar para o e-mail andrey.oliveira@secom.ba.gov.br, agradeço.